Connect with us

Mundo

“Maiores desafios do nosso tempo não podem ser resolvidos a partir do isolamento” – Jill Biden

Published

on

 “Os maiores desafios do nosso tempo não podem ser resolvidos a partir do isolamento”, disse a primeira-dama dos Estados Unidos da América, Jill Biden, esta terça-feira, 25, data em que a bandeira norte-americana voltou a ser hasteada, juntamente com as dos outros 192 membros, na sede da agência da ONU para Educação, Ciência e Cultura (UNESCO), localizada em Paris.

“O presidente (Joe) Biden está consciente de que, se queremos criar um mundo melhor, os Estados Unidos não podem fazer isso sozinhos, mas devemos ajudar a abrir o caminho. É por isso que estamos tão orgulhosos de fazer parte da Unesco novamente”, argumentou a primeira-dama americana.

Com isso, os EUA estão de volta ao organismo após a sua saída em 2018, em uma cerimônia simbólica com a primeira-dama, Jill Biden, rodeada, entre outros, pela directora-geral da UNESCO, Audrey Azoulay, e pela primeira-dama francesa, Brigitte Macron.

Os EUA já haviam recuperado oficialmente o seu estatuto de membro em 10 de Julho, entretanto, este momento simbólico na UNESCO foi a ocasião para celebrar a reintegração de um Estado que figura entre seus fundadores e maiores contribuintes.