Connect with us

Crime

Mãe mata filho e coloca cadáver na fossa porque o pai recusou-se a assumir a paternidade

Published

on

Com apenas um dia de vida, a mãe decidiu matar o seu próprio filho tudo porque o pai da criança negou  a paternidade. 

Uma cidadã de 25 anos de idade, na província de Malanje, matou o seu próprio filho, um dia após ter dado a luz ao mesmo,  e colocou o cadáver numa fossa, por alegadamente ter sido negada pelo homem que a engravidou.

Segundo o Chefe da Área de Comunicação Institucional e Imprensa do SIC em Malanje,  Inspector-Chefe Augusto Barros André, contactado pelo Correio da Kianda, o lamentável episódio ocorreu no dia 25 do mês e ano em curso, no município de Mucari, bairro Landa, após a implicada, ter dado a luz ao seu filho de sexo masculino.

Temendo ser difamada no bairro pelas amigas, em função do pai da criança  ter  se recusado assumir a paternidade, optou em colocar a criança numa fossa séptica, como consequência resultou em morte do infeliz.

Denunciada por populares, o SIC, após tomar conhecimento da ocorrência, disse ao Correio da Kianda o oficial de investigação, espoletou mecanismos investigativos, que culminou na localização e consequente detenção da acusada.

O corpo foi resgatado por efectivos do SIC em coordenação com Efectivos do Serviço de Protecção Civíl e Bombeiros, tendo permanecido por 06 dias no local onde ficou sonegado.