Connect with us

Mundo

Macron e Biden querem ajuda da China para acabar com a guerra na Ucrânia

Published

on

Os presidentes da França e dos EUA, Emmanuel Macron e Joe Biden, respetivamente, expressaram ontem, durante um telefonema, o desejo de ver a China ajudar a “acelerar” a procura de uma solução para acabar com a guerra da invasão russa ao território ucraniano.

A informação foi avançada por uma fonte diplomática francesa. A conversa ocorreu horas antes de Macron viajar para uma visita de três dias à China.

A mesma fonte adiantou que o telefonema mostrou ainda “a vontade comum da França e dos EUA de envolver os chineses no fim da guerra na Ucrânia e construir uma paz durável”.

Macron e Biden formularam ainda o desejo de “obter dos chineses uma contribuição para o esforço global de cooperação Norte-Sul”, bem como de “construir com a China uma agenda comum sobre a biodiversidade”.