Connect with us

Politica

Macron despede-se de João Lourenço com assinatura de quatro acordos

Published

on

A cooperação bilateral entre Angola e França foi relançada esta sexta-feira, 03, em Luanda, com a assinatura de quatro acordos, com destaque para os sectores das Finanças e Telecomunicações, que, conforme anunciado anteriormente pelo Correio da Kianda, o país irá construir, em parceria com a gigante europeia da área espacial, Airbus, o satélite de Observação da Terra, ANGEO-1.

Para além da audiência em privado com João Lourenço, na Cidade Alta, Emmanuel Macron procedeu ao enceramento do fórum empresarial Angola-França, que destacou o facto de que no período 2020-2022, o volume de negócios entre os dois países ascendeu a cerca de quatro mil milhões de dólares.

Para além dos acordos citados anteriormente, foram assinados acordos de Financiamento entre a República de Angola e a Agência Francesa para o Desenvolvimento; de Facilitação de Crédito entre Angola e a Agência Francesa para o Desenvolvimento e um Contrato para Concepção.

Outras cooperações analisadas com a França foram nos domínios da agricultura, agro-pecuária, transformação dos produtos do campo, das pescas, do turismo e da energia.

No domínio da energia, o presidente João Lourenço disse que Angola conta com a França, também, para a transição energética para fontes amigas do ambiente.

“Angola fez essa aposta há algum tempo”, referiu o Chefe de Estado angolano, tendo informado que para a concretização desse desejo, o país conta também com “know-how” francês e o conhecimento das empresas privadas do país europeu.

Segundo o Presidente da República, França e Angola têm intensificado a cooperação nos domínios da educação e do ensino superior, uma parceria que o Estado angolano também tem interesse em continuar.

“Presidente Macron (…) tenha em Angola um parceiro no continente africano que vai cooperar em todos os domínios, incluído os da paz e segurança, não só no nosso continente, mas também no resto do mundo”, declarou, João Lourenço.

Angola vai construir o primeiro satélite de Observação da Terra

Continue Reading
1 Comment

1 Comment

  1. Loozap

    03/03/2023 at 6:00 pm

    Vai ser uma coisa incrível esses acordos. O progresso está batendo forte na porta

Leave a Reply

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *