Connect with us

Sociedade

Má gestão leva a destituição do presidente do ISCED no Uíge

Published

on

O presidente do Instituto Superior de Ciências da Educação do Uíge, Mona Mpanzu, foi destituído do cargo, depois de uma onda de contestações dos funcionários da instituição e estudantes, que o acusam de má gestão.

A destituição foi feita pelo Ministério de tutela que após apuramento, foi comprovado, em sede de inquérito, que na gestão do ISCED-Uíge não tem sido escrupulosamente respeitada a legislação vigente na Administração Pública.

Na ocasião, fez sair um despacho a afastá-lo, assim como todo o corpo directivo. A contestação foi sustentada com a realização de uma manifestação pública nas ruas da cidade do Uíge, numa nota informativa enviada ao gabinete do governador do Uíge, José Carvalho da Rocha, e ao Serviço de Investigação Criminal (SIC).

Mona Mpanzu foi constituído arguido, na segunda-feira, 07, acusado de corrupção, abuso de poder, assédio sexual e associação criminosa.

Continue Reading
Click to comment

Leave a Reply

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *