Connect with us

Mundo

M23 recua e aceita cessar-fogo no Leste da RDC

Published

on

O Movimento 23 de Março (M23) decidiu recuar da decisão divulgada nesta manhã de continuar o conflito na região Leste da República Democrática do Congo. Numa carta publicada esta noite pela ANGOP, o presidente do Movimento, Bertrand Bisimwa, anuncia que aceita o cessar-fogo decidido na mini-cimeira regional realizada quarta-feira, 23, em Luanda.

Contudo, o líder do M23 solicita uma reunião com o presidente da República Democrática do Congo (RDC), Félix Tshisekedi, juntamente com facilitadores e mediadores para discutirem dez pontos que serão apresentados pelo Movimento.

Conforme o Correio da Kianda noticiou anteriormente, o porto voz do M23Willy Ngoma, argumentou, na manhã de hoje, que o M23 não esteve representado na mini-cimeira que ocorreu em Luanda, no dia 23 de Novembro, e reuniu os presidentes da RDC, Félix Tshisekedi, do Burundi, Évatiste Ndayishimiye, o antigo presidente do Quénia, Uhuru Keniatta, e o ministro dos Negócios Estrangeiros do Ruanda, Vincent Biruta, em representação do presidente Paul Kagame.

Assim sendo, alegavam, que o cessar-fogo anunciado pelo presidente João Lourenço, na qualidade de mediador da União Africana (UA), “não lhes dizia respeito”, decisão esta, que foi repensada pelos integrantes do Movimento 23 de Março.

M23 recusa cessar-fogo no Leste da RDC. Prazo dado por Luanda termina hoje

 

Formada em Comunicação Social com habilitação em Jornalismo, a profissional actua no mercado de comunicação há 18 anos. Iniciou a sua carreira em 2004, apresentando um programa de rádio e logo migrou para a comunicação digital, para a impressa e, posteriormente, a institucional. Tem vasta experiência como web journalist, criação e gestão de redes sociais, tendo participado dos projectos de desenvolvimento de diversos sites, blogs e redes sociais governamentais, privados e do terceiro sector. Reside em Luanda desde 2012, tendo trabalhado como jornalista no portal de notícias Rede Angola, como assessora de imprensa e directora de Comunicação e Operações nas Agências NC - Núcleo de Comunicação e F.O.T.Y, atendendo diversos clientes governamentais e privados. Actualmente trabalha como editora do portal Correio da Kianda.

Colunistas