Connect with us

Luto

Luto no Moxico: mais um administrador morre em menos três meses após a nomeação

Published

on

Morreu na noite deste sábado, vítima de doença, o recém nomeado administrador do Moxico, Rodrigues Tchipango Sacuaha, nomeado recentemente para substituir o também falecido ex-administrador do Moxico, Victor Pedro.

A semelhança de Victor Pedro, que exerceu o cargo de administrador do Moxico por apenas dois meses, Rodrigues Tchipango Sacuaha, ficou no cargo como administrador por menos de quatro meses.

Rodrigues Tchipango Sacuaha, foi Administrador Municipal do Luacano, de onde foi exonerado no quadro das remodelações feitas em Junho deste ano pelo Governador Provincial do Moxico, Gonçalves Muandumba, para ocupar o cargo de Administrador Municipal do Moxico.

Numa nota de condolências do Governo daquela Província a que o Correio da kianda teve acesso, o Governo local diz ter sido com profunda dor e pesar, que tomou conhecimento do passamento físico do Administrador Municipal do Moxico, Rodrigues Tchipango Sacuaha, ocorrido nas últimas horas do dia 26 de Dezembro de 2020, no Hospital Municipal do Moxico, vítima de doença.

“A notícia do trágico acontecimento, causou-nos desequilíbrios emocionais instantâneos, porque para além de ser prematuro, traz-nos memórias tristes vividas num passado recente e num curto espaço de tempo voltamos a nos despedir para eternidade, de um filho que tinha muito para dar ao país e ao Moxico em particular”, lê-se no comunicado.

Camarada Sacuaha, como era carinhosamente tratado, dedicou sua vida ao país, como militar, político e mobilizador de massas, com um carisma único, dedicado ao trabalho, humilde e dinâmico, exercendo com brio e abnegação todas as funções no Estado, especialmente a de Administrador Municipal na Cameia, no Luacano e por último no Moxico – tendo marcado positivamente a vida das pessoas nessas comunidades, e deixou um grande vazio.

“Neste momento de profunda tristeza, em que todos nós buscamos desesperadamente forças para compreender o mistério da morte. O Governador Provincial do Moxico, Gonçalves Muandumba, em nome dos Membros do Governo Provincial, do colectivo de funcionários do Governo e da população do Moxico, se solidariza com a dor da família, amigos e todos que conviveram com o malogrado na esfera profissional e pessoal, rendendo homenagem ao trabalho realizado ao longo de sua vida pelas mais nobres causas da Nação Angolana”, conclui.

Por: Dumbo António