Connect with us

Politica

Lunda Sul: governador reprova atendimento em hospital recém inaugurado

Published

on

O governador da Lunda Sul, Daniel Neto, mostrou-se, nesta quinta-feira, 05, insatisfeito com a higiene, aglomerado de pacientes e falta de humanização dos serviços no Hospital Geral daquela província.

O Hospital Geral, inaugurado em Outubro pelo Presidente da República, João Lourenço, mereceu a visita do governante para constatar “in loco” o seu funcionamento.

Daniel Neto recomendou a mudança de atitude e aposta no saneamento do recinto hospitalar, com vista a se garantir melhores condições de comodidade aos técnicos e pacientes.

Apelou aos médicos, enfermeiros e técnicos de saúde a exercerem a sua actividade com responsabilidade e espírito de missão.

Erguido numa área de 45.080 metros, o empreendimento comporta serviços de tele-medicina, cirurgia, pediatria, ginecologia, obstetrícia, ortopedia, imagiologia (TAC, RX e ecografia), fisioterapia, estomatologia, oftalmologia, urologia, electrocardiograma e blocos operatórios com capacidade para realizar três cirurgias em simultâneo.

A força de trabalho do Hospital Geral da Lunda Sul é integrada por 479 profissionais, entre médicos, enfermeiros, técnicos de diagnóstico, terapeutas, pessoal de apoio hospitalar e administrativo.

Por Angop