Connect with us

Mundo

Lula da Silva condenado a 12 anos e 11 meses de prisão em novo processo

Lula da Silva foi condenado a 12 anos e 11 meses de prisão pela juíza Federal Gabriela Hardt, num novo processo relacionado com a Operação Lava Jato.

Published

on

O ex-presidente brasileiro foi acusado novamente por corrupção ativa, passiva e lavagem de dinheiro numa ação penal que envolve uma propriedade em Santa Bárbara, em Atibaia, num município de São Paulo, de acordo com o brasileiro Estadão.

Na sentença de Gabriela Hardt, de 360 páginas, Lula da Silva foi sentenciado por ter sido, alegadamente, subornado em 1 milhão de reais, por obras realizadas no imóvel, que, segundo o jornal brasileiro, está em nome do filho de um amigo de Lula. Ainda de acordo com o jornal brasileiro, estas foram levadas a cabo pelas empreiteiras OAS, Odebrecht e Schahin.

Lula da Silva, que chefiou o Brasil de 2003 a 2010, encontra-se preso na sede da Polícia Federal em Curitiba desde 7 de abril do ano passado, depois de ter sido condenado a 12 anos e um mês de prisão por corrupção passiva e branqueamento de capitais, noutra investigação paralela da operação Lava Jato.

Nessa sentença, a primeira, um tribunal de segunda instância deu como provado que Lula da Silva recebeu um apartamento de luxo localizado numa praia de São Paulo, em troca de favores concedidos à construtora OAS, o que o ex-Presidente negou veementemente.

Os advogados de Lula da Silva pediram, em várias ocasiões e sem êxito, a libertação do antigo governante, que consideram uma vítima de “perseguição política e judicial”.

Além desta condenação, Lula da Silva está ainda a responder por outros processos na justiça, a maioria deles por corrupção.

Continue Reading
Click to comment

Leave a Reply

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *