Connect with us

Sociedade

Luanda prevê vacinar mais de 30 mil crianças em uma semana

Manuel Camalata

Published

on

Arrancou nesta sexta-feira, 30 de Abril, em Luanda, a Semana Africana de Vacinação, a nível de nove municípios da capital do país. O acto de lançamento teve lugar nas primeiras horas de sexta-feira, no Campo do Felício, no distrito urbano da Maianga, onde esteve presente a ministra da Saúde, Sílvia Lutucuta.

O director do Gabinete Provincial da Saúde de Luanda, Manuel Varela, disse que o objectivo da campanha de imunização é de “resgatar as crianças que não têm o calendário de vacinação completo”, bem como administrar às crianças recém-nascidas e que iniciam agora o calendário de vacinação.

O responsável referiu que com o lançamento da campanha fez-se a intensificação da acção de vacinação de doenças preveníveis pela vacinação.

“Pensamos, durante a semana, atingir um número de 34 mil crianças menores de cinco anos e mulheres grávidas”, disse, reconhecendo o baixo nível de cobertura vacinal em Luanda. Razão pela qual, segundo fez saber, o nível de cobertura de vacinação em Luanda está a volta de 60% e pretende-se com a campanha elevar para 90%. “Estamos aproveitar esta semana mundial para elevarmos a cobertura vacinal e garantirmos maior protecção”.

O responsável disse que o baixo nível de cobertura que se verifica actualmente está relacionado com a crise da pandemia da covid-19, que obrigou a que houvesse maior confinamento das pessoas e por causa disso haviam sido suspensas as acções de vacinação das crianças nas unidades sanitárias da província de Luanda.

Manuel Varela apelou às famílias a levarem as crianças aos postos de vacinação tendo chamado atenção à não associarem com a vacina da covid-19. “Não se está a vacinar contra a covid-19 às crianças. Sabemos que a covid-19 o processo actual é para os adultos com comobilidades e acima dos 60 anos. Crianças ainda não estamos no processo de vacinação contra a covid-19”, disse relembrado que as vacinas que estão a ser administradas “são aquelas que já constam do nosso calendário vacinal, que é BCG, Pólio, Hepatite B, Pentavalente, Pneumo 13, Sarampo, Rubéola, Febre amarela e Toxoide Tetânico”.

A campanha que arrancou na sexta-feira, 30, e vai até quinta-feira, 6 de Maio, para atingir os níveis desejados, em termos de cobertura vacinal, em Luanda, foram criadas equipas avançadas, que em postos fixos administram as doses de vacinas.

A Semana Africana de Vacinação (SAV) foi criada em Setembro de 2010 pela resolução AFR / RC60 / 14 para reforçar os programas de vacinação na Região Africana e é celebrada na última semana de Abril de cada ano em simultâneo com as outras regiões da OMS e a Semana Mundial de Vacinação (SMV).

Continue Reading
Click to comment

Leave a Reply

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Advertisement

Colunistas

Ladislau Neves Francisco
Ladislau Neves Francisco (24)

Politólogo - Comunicólogo - Msc. Finanças

Olivio N'kilumbo
Olivio N'kilumbo (21)

Politólogo

Vasco da Gama
Vasco da Gama (86)

Jornalista

Walter Ferreira
Walter Ferreira (19)

Coordenador da Plataforma Juvenil para a Cidadania

© 2017 - 2021 Todos os direitos reservados a Correio Kianda. | Este material não pode ser publicado, transmitido por broadcast, reescrito ou redistribuído sem prévia autorização.
Ficha Técnica - Estatuto Editorial RGPD