Connect with us

Destaque

Luanda: Cidadãos da RDC indiferentes com situação política naquele País

Published

on

Por Zacarias Fonganito

Vários cidadãos da República Democrática do Congo residentes em Angola, sobretudo na zona do Palanca,

distrito urbano do Kilamba Kiaxi, em Luanda, manifestam-se indiferentes quanto às cenas horripilantes, dignas de um filme de terror, que ocorrem quase diariamente naquele país. Os problemas político-militares na RDC já matou aproximadamente 300 pessoas, entre homens, mulheres, velhos e crianças.

Para além da chacina em si, o modo como os grupos paramilitares e milícias armadas, estão a matar as pessoas é indescritível. Pois, de acordo com os relatos chegados até nós: «algumas pessoas foram decapitadas, outras perderam os braços entre outras formas de violência», sob o olhar silencioso das autoridades congolesas, comandadas por Joseph Kabila, cuja presidência é tida como a principal foco de instabilidade política naquele País.

O CORREIO DA KIANDA esteve no bairro Palanca, local de maior concentração de cidadãos provenientes daquele País, para entre outras questões, colher  opiniões em relação aos sucessos massacres. Assustou-nos o nível de desdém manifestado sobre o facto.

“Eu não tenho nada a dizer sobre isso. Não quero saber se morreram quantos, se quem está a matar é o governo ou rebeldes. Se fosse sobre Desporto, eu ainda falava, mas essas coisas de política, não”!

Questionado se não tem familiares entre as vítimas, Ntola um dos indivíduos que interpelamos, respondeu de forma lacónica: “Não quero saber”. Infelizmente, uma posição tomada por muitos dos nossos interlocutores congoleses.

ANGOLA ACOLHEDORA

Entretanto, vaticina-se que já deram entrada pelas fronteiras angolanas mais de 30 mil cidadãos congoleses, sendo na sua maioria crianças. Por sua vez, os diferentes governos provinciais já garantiram cuidar dos referidos refugiados, dando roupa, água e alimentação.

Continue Reading
Click to comment

Leave a Reply

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Colunistas