Connect with us

Destaque

Luanda acolhe cimeira sobre a tensão entre a RDC e o Rwanda

Published

on

A informação consta de um comunicado da Presidência da República divulgado, esta sexta-feira(31), no final do encontro que o Chefe de Estado, João Lourenço, manteve com o homólogo da RDC, Félix Tshisekedi, no Palácio Presidencial, na Cidade Alta, para abordar questões relativas à crescente tensão que se regista entre aquele país e o Rwanda.

De acordo com o documento, vão marcar presença na futura cimeira, a convite do estadista angolano, o Presidente da RDC, Félix Tshisekedi, e o do Rwanda, Paul Kagame.

O comunicado destaca, ainda, que o Presidente da República manteve, na tarde de ontem, na sequência da reunião com o homólogo da RDC, uma conversa, por videoconferência, com Paul Kagame, durante a qual foram discutidos os mesmos aspectos abordados com Félix Tshisekedi.

As discussões permitiram aos dois  Chefes de Estado chegar a entendimento sobre a realização, em Luanda, em data a anunciar, da referida cimeira. A acção do Chefe de Estado, João Lourenço, decorre do mandato que recebeu na recente Cimeira da União Africana sobre Terrorismo e Mudanças Inconstitucionais de Governo em África, realizada em Malabo, capital da Guiné Equatorial.

De recordar que o Chefe de Estado foi designado, na Cimeira de Malabo, “Campeão para a Reconciliação e Paz em África”, como reconhecimento do seu engajamento para a pacificação do continente, principalmente no âmbito da Conferência Internacional sobre a Região dos Grandes Lagos (CIRG), onde é, neste momento, o presidente em exercício do órgão.

O comunicado da Presidência acrescenta que, no quadro do encontro entre João Lourenço e Félix Tshisekedi, foram discutidos vários aspectos que podem contribuir para a resolução pacífica do diferendo entre a RDC e o Rwanda.

Félix Tshisekedi aceitou, a pedido do Presidente João Lourenço, libertar dois soldados rwandeses capturados, recentemente, em território da República Democrática do Congo. “Esta diligência visa contribuir para a redução da tensão que paira na relação entre os dois países”.

O líder da RDC, Félix Tshisekedi, que foi, até há bem pouco tempo, presidente em exercício da União Africana, deixou, no final da tarde de ontem, a capital do país.

C/JA

Continue Reading
Click to comment

Leave a Reply

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *