Connect with us

Politica

Lourenço louva “humildade e patriotismo” de antigos Ministros que aceitaram ser Secretários de Estado

Redação

Published

on

O presidente João Lourenço louvou nesta quarta-feira (8), o gesto raro, de humildade e patriotismo, de antigos Ministros que aceitaram ser Secretários de Estado de antigo subordinados ou de pessoas mais novas, um gesto que segundo Lourenço, “nao faz parte da cultura política Áfricana”.

“Quando mandei vos consultar para deixarem de ser Ministros e ficarem Secretários de Estado, não acreditava que aceitariam ser subordinados dos vossos antigos subordinados, porque Louvo esse vosso gesto raro, de humildade e de patriotismo em servir o país em qualquer lugar onde forem colocados, o país agradece”.

Segundo João Lourenço, que falava durante a cerimonia de emposamento dos novos membros do governo, em África por causa da altivez não é cultura política ser dirigido por um antigo subordinado ou por alguém mais novo.

“Temos o hábito de querer ser chefe permanentemente como se fosse nossa profissão”. Disse.

Recorde-se que a recém exonerada Ministra do Turismo, Maria Ângela Teixeira de Alva Sequeira Bragança, recusou o convite do presidente Joao Lourenço para assumir o cargo de Secretária de Estado para o Turismo.

No quadro da recente remodelação governamental, o Ministério do Turismo, na qual Ângela Bragança era titular, fundiu-se com Cultura e Ambiente, e passou a ser liderado pela bióloga angolana Adjany da Silva Freitas Costa de 29 anos de idade.

Em cerimónias separadas, Adão de Almeida tomou posse como ministro de Estado e Chefe da Casa Civil do Presidente da República.

Em seguida, em outra cerimónia, foram empossados os ministros João Ernesto dos Santos (Defesa Nacional e Veteranos da Pátria), Téte António (Relações Exteriores), Marcy Cláudio Lopes (Administração do Território), António Francisco de Assis (Agricultura e Pescas), Victor Francisco dos Santos Fernandes (Indústria e Comércio) e Diamantino Pedro Azevedo, (Recursos Minerais, Petróleo e Gás).

No mesmo acto, tomaram posse os ministros Manuel Tavares de Almeida (Obras Públicas e Ordenamento do Território), Manuel Gomes da Conceição Homem (Telecomunicações, Tecnologias de Informação e Comunicação Social) e Adjany da Silva Freitas Costa, Cultura, Turismo e Ambiente).

Numa terceira cerimónia, João Lourenço empossou os secretários de Estado José Maria de Lima (para a Defesa Nacional), Afonso Carlos Neto (Indústria Militar), Domingos André Tchikanha (Veteranos da Pátria), Laurinda Jacinto Prazeres Monteiro (Administração do Território) e Márcio de Jesus Lopes Daniel (Autarquias Locais).

A lista dos secretários de Estado empossados esta quarta-feira prossegue com José Carlos Lopes da Silva Bettencourt (Agricultura e Pecuária), André de Jesus Moda (Florestas), Esperança Maria Eduardo Francisco (Pescas), Ivan Magalhães do Prado (Indústria), Amadeu de Jesus Alves Leitão Nunes (Comércio) e Jânio da Rosa Corrêa Victor (Recursos Minerais).

Completam a lista os secretários de Estado José Alexandre Barroso (Petróleo e Gás), Carlos Alberto Gregório dos Santos (Obras Públicas), Ana Paula Chantre Luna de Carvalho (Ordenamento do Território), Mário Augusto da Silva Oliveira (Telecomunicações e Tecnologias de Informação), Nuno dos Anjos Caldas Albino (Comunicação Social), Maria da Piedade de Jesus (Cultura) e Paula Cristina Francisco Coelho (Ambiente).

Já Mendes Lourenço Gaspar foi empossado no cargo de vice-governador da província da Lunda Sul para o sector Político, Social e Económico.

O Presidente da República e Titular do Poder Executivo, João Lourenço, reduziu os departamentos ministeriais de 28 para 21.

Continue Reading
Advertisement
Click to comment

Leave a Reply

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Advertisement

Colunistas

Ladislau Neves Francisco
Ladislau Neves Francisco (23)

Politólogo - Comunicólogo - Msc. Finanças

Olivio N'kilumbo
Olivio N'kilumbo (21)

Politólogo

Vasco da Gama
Vasco da Gama (74)

Jornalista

Walter Ferreira
Walter Ferreira (14)

Coordenador da Plataforma Juvenil para a Cidadania