Connect with us

Lifestyle

Live de Bonga, Paulo Flores e Yuri da Cunha ‘inunda’ as redes sociais

Avatar

Published

on

A live (livestream) humanitária dos ícones do semba, Bonga, Paulo Flores e Yuri da Cunha, esteve entre os assuntos mais comentados, deste domingo, 28, nas redes sociais dos angolanos.

Durante cerca de 2h40, os músicos interpretaram temas que marcaram as suas carreiras e encantam gerações, trazendo para o palco traços importantes das culturas africanas que foram apreciados, não apenas de Cabinda ao Cunene, mas também por aqueles que encontram-se no exterior:

“Boa ideia. Assim nós aqui na diáspora também podemos assistir”, escreveu a internauta Matilde Paulsen, no perfil no Facebook de Bonga.

Para além de entreter, a live teve também o objectivo de angariar donativos para a Fundação Ana Carolina, que trabalha com crianças que possuem diversos tipos de paralisia.

“Esta live é também para nos aproximar dos outros e daqueles que sofrem”, disse Paulo Flores.

Com versos como “respeita quem pode chegar onde a malta chegou” e “se mostrar que ele tem beleza faz o estrangeiro admirar o meu semba de natureza”, o músico Bonga aprovou a iniciativa que foi exibida online, com milhares de visualizações, e também pela Televisão Pública de Angola (TPA):

“Estamos aqui reunidos para a felicidade de muitos aqui e lá. É muito boa iniciativa!”

Para os angolanos, a live foi ainda mais além. Foi uma forma de, pelo menos por algumas horas, unir a nação: “Se há algum problema, chamem o cota Bonga, o Paulito e o Yuri que resolve-se”, disse uma internauta, entre centenas de vídeos publicados com as famílias a assistirem a performance dos músicos.

Movimento das lives

Popularizadas devido a pandemia do novo coronavírus, que tem como uma das medidas de prevenção o isolamento social, que impede as pessoas de frequentarem festas, bares e shows, as lives são uma forma de vídeo em que o criador grava e transmite o seu conteúdo em tempo real, por meio de uma plataforma na internet.

Embora tenha começado com intenções humanitárias e experimentais, o movimento das lives tem se mostrado uma oportunidade promissora para os criadores apresentarem as suas produções.

Continue Reading
Advertisement
Click to comment

Leave a Reply

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Advertisement

Colunistas

Ladislau Neves Francisco
Ladislau Neves Francisco (23)

Politólogo - Comunicólogo - Msc. Finanças

Olivio N'kilumbo
Olivio N'kilumbo (21)

Politólogo

Vasco da Gama
Vasco da Gama (78)

Jornalista

Walter Ferreira
Walter Ferreira (15)

Coordenador da Plataforma Juvenil para a Cidadania

© 2017 - 2020 Todos os direitos reservados a Correio Kianda. | Este material não pode ser publicado, transmitido por broadcast, reescrito ou redistribuído sem prévia autorização.
Ficha Técnica - Estatuto Editorial RGPD