Conecte-se agora

Bastidores

Ligações ao “Saque” no INEA Abalam Nomeação de Armando Manuel

Vasco da Gama

Publicados

on

[object object] - Armando Manuel - Ligações ao “Saque” no INEA Abalam Nomeação de Armando Manuel

Armando Manuel, que já dirigiu o Ministério das Finanças, (2013 a 2016), tem sido cogitado no seio do poder angolano como o preferido de João Lourenço para ocupar o Ministério que, para muitos é dos mais influentes na manobra económica e política do País. Recorde-se que tais cogitações remontam de 2017 logo após a tomada de posse do actual presidente da República.

Fontes do Correio da Kianda informam que o jovem economista que, actualmente é consultor do Banco Mundial (BM), esteve muito próximo de voltar ao Ministério das Finanças porquanto continuava a gozar de confiança por parte de JLO, chefe do titular do poder executivo.

No entretanto, a mesma fonte adianta que ao meio desta semana surgiram informações que beliscaram o perfil do jovem economista porquanto o seu nome está a ser associado a lista dos dirigentes beneficiados através de “gorjetas” resultantes da pilhagem dos recursos financeiros atribuídos ao Instituto Nacional de Estradas de Angola, cujo processo está em curso e já provocou a detenção do então Director Geral do INEA, Joaquim Sebastião em prisão preventiva há dois meses.

Refere, também, que o nome do economista consta das anotações de Joaquim Sebastião contidas nas malas apreendidas pelos agentes do SIC, aquando das buscas e apreensões na sua residência ao Talatona, Luanda. Esta situação, prossegue a nossa fonte, terá motivado a que JLO recuasse na decisão e aguarde que a investigação termine e a participação do economista no rombo ao dinheiro público colocado no INEA seja confirmada ou não.

Lembra-se que Armando Manuel foi recentemente indicado para assumir interinamente as funções de Director Executivo da Constituência de Angola, Nigéria e África do Sul, junto do Banco Mundial, até que se nomeie um novo director, para preencher a vaga deixada pelo nigeriano Haruna Mohammed que morreu vítima de doença, no dia 02 deste de Fevereiro, 2019.

Consta que Armando Manuel, 42 anos, natural do Uíge, é licenciado em Economia pela Faculdade de Economia da Universidade Agostinho Neto, em 1996, tendo concluído o Mestrado em Economia Quantitativa na London Guidhall University, em 2001.

Foi nomeado ministro das Finanças em Maio de 2013. Entre outras funções exerceu o cargo de presidente do Conselho de Administração do Fundo Soberano de Angola, em 2012, Secretário para os Assuntos Económicos do Presidente da República, 2010, e Director Nacional do Tesouro do Ministério.

Considerado Ministro do ano 2014 pela prestigiada revista de negócios e finanças African Banker, Armando Manuel recebeu o prémio na categoria de Ministro das Finanças 2014, em África.

O nome de Armando Manuel volta a ser cogitado numa altura em que o actual Ministro das Finanças, Archer Mangueira tem o seu nome associado constantemente em casos de corrupção, lavagem de dinheiro cujos processos aguardam anuência das instâncias competentes.

Continue Lendo
Publicidade
Clique para comentar

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Publicidade

Colunistas

Ana Margoso
Ana Margoso (14)

Jornalista

António Sacuvaia
António Sacuvaia (247)

Editor

Diavita Alexandre Jorge
Diavita Alexandre Jorge (12)

Politologo

Ladislau Neves Francisco
Ladislau Neves Francisco (13)

Politólogo - Comunicólogo - Msc. Finanças

Olivio N'kilumbo
Olivio N'kilumbo (16)

Politólogo

Vasco da Gama
Vasco da Gama (61)

Jornalista

Victor Hugo Mendes
Victor Hugo Mendes (9)

Jornalista e Escritor

Walter Ferreira
Walter Ferreira (7)

Coordenador da Plataforma Juvenil para a Cidadania

Publicação