Connect with us

Politica

Liderança na JMPLA levanta fantasmas ideológicos

Redação

Published

on

- WhatsApp Image 2019 02 07 at 13 - Liderança na JMPLA levanta fantasmas ideológicos

O XIII Congresso ordinário da JMPLA, organização juvenil do Partido que governa Angola, que decorrerá de 10 a 12 deste mês, em Luanda, está a animar o debate político nacional, essencialmente nas ostes do maioritário, considerando que o papel da JMPLA na manobra política é de extrema importância.

O cenário da sucessão à Luther Rascova, que começa a ser desenhado essa semana, abre, desde logo, uma discussão interna sobre o futuro daquela organização partidário já que, neste momento, é imperioso avaliar o desempenho da direcção cessante. Entre os apoios e críticas, a JMPLA precisa encontrar uma figura capaz de catapultar os anseios da mocidade juvenil partidária e não só.

Para tal, embora o último comunicado do Bureau Político não avance nomes dos candidatos, internamente a campanha já começou e dois jovens trabalham para suceder Luther Rescova, cuja formalização destas candidaturas pode acontecer a qualquer momento ao longo desta semana. Fala-se, no seio dos camaradas, no geral, que a indicação de nomes da linhagem de Luther mereceu chumbo a ser vista com incredulidade pois, argumentam que, “a liderança de Luther, actualmente governador de Luanda, produziu mais comerciantes políticos do que agentes políticos (militantes) com integridade moral e política à altura dos novos desafios do Partido.

Referem que esta é a razão que levou a direção do MPLA, liderado por João Lourenço, a definir a visibilidade pública, intelectualidade, bem como a aceitação na sociedade civil como critérios para o próximo líder da JMPLA. Para isso, comenta-se, dois candidatos propostos pela Direção cessante da JMPLA, foram rejeitados à partida, nomeadamente, Afonso Belo Sanguvila, primeiro secretário provincial do Bié e Nádia Agostinho Borges da Conceição, membro do secretariado nacional da JMPLA.

No entretanto, a rejeição deste dois nomes por parte do “núcleo duro” dos camaradas está a fazer com que a “cúpula” de Luther esteja com os ânimos à flor da pele e, por isso, estejam posicionados de forma pública contra os concorrentes que não resultaram da sua indicação, nomeadamente Domingos Bético, o mais novo do Comité Central saído do último congresso extraordinário dos camaradas e actual Coordenador de Disciplina e Auditoria do Comité Provincial do Kuanza-Norte embora como última alternativa, tenham apostado em Crispiniano dos Santos, igualmente, membro do comité central do MPLA, e Primeiro Secretário da JMPLA, na Província do Kunene, como se diz “mais vale um na mão do que dois a voar”.

Este cenário está a fazer com que Luther Rescova esteja, pessoalmente, na indefinição quanto ao apoio que deva prestar a um dos candidatos, embora, para analistas internos, Luther tenha dado já sinais de apoio ao candidato do Kunene, porquanto, indirectamente há sinais deste apoio ao permitir que Ikuma Bamba, seu assessor de imprensa tivesse adoptado posicionamento público neste sentido. Num dos seus textos difundidos nas redes sociais a respeito, Bamba diz que está totalmente com o jovem Crispiano.

“O camarada Crispiano é de forma natural o mais bem preparado Candidato ao cargo, e, mesmo os que pensam o contrário sabem e estão conscientes disso. Temos de o ajudar a fazer bem a campanha e juntos somos capazes” frisou o Director de Gabinete de Comunicação Institucional e Imprensa do Governo Provincial de Luanda desde que Luther Rescova ascendeu ao cargo de Governador da província mais importantes do País, Lunda, no caso. Alinham neste diapasão de Ikuma Bamba, jovens como, Guilhermina da Província do Zaire, Sidónio, Tiago Nunda, Agilio Campos.

Estes são os grandes descontentes e por isso, fomentam divergência entre os demais dirigentes, pois, querem manter os seus interesses económicos que, segundo soube o Correio da Kianda, passam pelas empresas que gerem a logística do CANFEU – Campo de férias de Estudantes Universitário e outras que têm intervenção nas manobras da JMPLA.

Continue Reading
Advertisement
Click to comment

Leave a Reply

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Advertisement

Colunistas

Ana Margoso
Ana Margoso (14)

Jornalista

António Sacuvaia
António Sacuvaia (306)

Editor

Diavita Alexandre Jorge
Diavita Alexandre Jorge (12)

Politologo

Ladislau Neves Francisco
Ladislau Neves Francisco (16)

Politólogo - Comunicólogo - Msc. Finanças

Olivio N'kilumbo
Olivio N'kilumbo (18)

Politólogo

Vasco da Gama
Vasco da Gama (70)

Jornalista

Walter Ferreira
Walter Ferreira (11)

Coordenador da Plataforma Juvenil para a Cidadania

Publicação