Connect with us

Mundo

Líder do Hamas acusa Israel de sabotar negociações de paz

Published

on

O líder do grupo islamita Hamas, Ismail Haniyeh, acusou Israel de sabotar os esforços de mediação para uma trégua em Gaza, associada a uma troca de reféns detidos neste território e de palestinianos detidos por Israel.

Num comunicado, divulgado este domingo, Haniyeh defendeu que o primeiro-ministro israelita, Benjamin Netanyahu, quer “inventar justificações constantes para a continuação da agressão, a extensão do conflito e a sabotagem dos esforços feitos pelos vários mediadores e partes”.

Ainda assim, o líder do Hamas garantiu que continua interessado em alcançar “um acordo abrangente e interligado” que ponha fim à guerra com Israel.

O líder do Hamas sublinha que o seu movimento participa nestas conversações com um caráter “sério e positivo”, como ficou demonstrado pelas “reuniões intensas” anteriores à reunião do Cairo, onde decorrem as negociações de paz, nas quais transmitiu “posições flexíveis”.

Haniye insistiu ainda que os Estados Unidos devem assumir um papel de liderança neste conflito, “em vez de fornecer armas para a destruição e o genocídio”.

Com agências internacionais 

Formado em radiojornalismo, com passagem por órgãos de comunicação social públicos e privados. Possui formação internacional em Comunicação e Multimedia. Estudante do curso superior de Gestão/Comunicação e Marketing.