Connect with us

Politica

Líder da UNITA preocupado com elites que buscam serviços médicos no estrangeiro

Published

on

O líder da UNITA mostrou-se preocupado e considerou de mal o facto de muitas elites angolanas procurarem serviços médicos e medicamentos no estrangeiro.

Embora reconheça a vontade do governo ter o sector da saúde como uma das áreas mais estratégicas, mas, segundo ele, nem o Presidente da República e seus ministros se tratam nesses hospitais modernizados.

Adalberto Costa Júnior fez esta afirmação nesta quarta-feira, 03, durante a entrevista que concedeu ao Canal África, em Joanesburgo, África do Sul. O líder da maior força política na oposição disse que “por causa dessa má mensagem e falta de confiança de quem está a gerir, quem tem também capacidade não se trata em Angola”.

Adalberto disse, por outro lado, que é doloroso saber que nenhuma das universidades do país faz parte do ranking entre as melhores de África. O político considera que uma das medidas para se resolver estes problemas é o diálogo, face ao desafio da reconciliação interna, priorizar a nação angolana em detrimento do estado partidário.

Por esses e outros factores, Adalberto Costa Júnior defende forte investimento no ensino primário, pela falta de qualidade por parte de alguns professores conjugado com o sistema de ensino em vigor em Angola, que se circunscreve em monodocência, daí surgem os problemas de má interpretação por falta também do domínio da língua portuguesa.

De ressaltar que Adalberto Costa Júnior participa na terceira sessão do parlamento pan-africano da 6ª legislatura, que decorre na África do Sul em Joanesburgo.

Jornalista multimédia com quase 15 anos de carreira, como repórter, locutor e editor, tratando matérias de índole socioeconómico, cultural e político é o único jornalista angolano eleito entre os 100 “Heróis da Informação” do mundo, pela organização Repórteres Sem Fronteira. Licenciado em Direito, na especialidade Jurídico-Forense, foi ainda editor-chefe e Director Geral da Rádio Despertar.

Continue Reading
1 Comment

1 Comment

  1. João Diogo

    05/07/2024 at 7:25 am

    Por falta de uma agenda política de governação aceite no seio do povo, o líder do galo 🐓 🐓 negro, por onde passa só lhe vem na memória ataques hostis à outros líderes. Eu por acaso em nenhum momento desde que o Sr. ACJ está a frente da UNITA, ouvi que ficou doente e foi-se tratar num dos hospitais do país, mas, vezes sem conta ouvi que ele foi para o estrangeiro! nem sempre se anuncia o objectivo da sua ida ao estrangeiro. No entanto a política populista arruina quem a promove! Que vá o líder do galo 🐓 negro para panela…

Leave a Reply

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *