Connect with us

Sociedade

KWENDA beneficia mais de 80 mil famílias no Bailundo

Published

on

Um total de 81.325 agregados familiares estão cadastrados no Programa de Fortalecimento da Protecção Social – KWENDA, no Município do Bailundo, Província do Huambo.

O Município do Bailundo, Província do Huambo, chegou, ontem, 21 de Junho de 2023, aos 81.325 Agregados Familiares cadastrados, no quadro do Programa de Fortalecimento da Protecção Social – KWENDA.

A equipa de cadastradores, liderada pelo FAS – Instituto de Desenvolvimento Local, cadastrou famílias nas aldeias do Ombala Candimba, Pedalé, Ganja, Boa Vista, Fátima, Santa Esperança Caundi, Paraíso, Ganja, Sachole, Nova Pele, Capingala Dumbo, Chimone, Santa Rosa, Nguva Chingolo, Chiculo, Chimbululu, Quinze, Candongo, Cayuya, Cawe I, Catuta, Chiyungue e Utalamo.

O Programa KWENDA, iniciativa do Governo de Angola, tem como objectivo apoiar as famílias em situação de pobreza e vulnerabilidade, cuja implementação está a cargo do FAS, agência governamental de combate à pobreza.

Avaliado em 420 milhões de dólares, é financiado em USD 320 milhões pelo Banco Mundial e em USD 100 milhões pelo Estado angolano. Face à retirada gradual da subvenção aos combustíveis, o Governo tomou como uma das medidas alocar ao Programa 75 mil milhões de kwanzas até durar a medida, a contar de 2023.

De acordo com a mesma medida, os valor das Transferências Sociais Monetárias passou para 11 mil kwanzas mensais para cada família, ao contrário de antes que era Kz 8.500.

Colunistas