Connect with us

Destaque

Cuanza-Norte: Surto de sarna invade município da Ambaca

Published

on

O consumo de água imprópria é apontado pelos moradores do município de Ambaca como estando na base De acordo com os moradores o uso da água imprópria esta na base do surgimento e da propagação do surto, numa altura em que as autoridades sanitárias já falam de intenso trabalho com as comunidades, no tratamento da água para travar a propagação.

O Soba da altedia Kissunga na comuna do Bindo, Artur Zua, disse que a má qualidade da água que a população consome é a principal causa do surgimento do surto da sarna na região.
“Aqui a água está parada e de má qualidade, situação que está provocar muia doença”, disse o regedor.

Cristina Noé Fortunato, moradora de uma das localidades afectada com o surto, apontou o facto de a população local estar a partilhar mesmo rio com os animais, recusando a falta de cuidados de higiene comunitária. “É mesmo resultado do consumo da água onde os gados bebem e a população também”.




O director municipal da saúde de Ambaca, Inocêncio João José, disse que algumas comunas e aldeias do município estão a ser assoladas pelo surto de sarna desde o ano passado.

Segundo o responsavél, o consumo de água imprópria foi identificado como a origem do problema. Entretanto, disse que está em curso na região um trabalho conjunto de sensibilização com as comunidades, sobre a importância do tratamento  da água e outras formas de higiene pessoal para travar a propagação da epidemia.
“água não é própria para beber nem para banhar”, alertou.

Ambaca é um município da província do Cuanza Norte. Com sede na cidade de Camabatela, o município ocupa uma extensão de 3.080 km² e uma população estimada em cerca de 82 mil habitantes. A agropecuária é a principalmente actividade económica do municipio, com destaque para a produção de café, mandioca, amendoim, leite e ovo. A criação de bovinos, suínos e aves, além da pesca e extração de madeira, constam das actividades económicas do município.