Connect with us

Politica

“Kopelipa será levado a julgamento em data a anunciar” – Tribunal Supremo

Published

on

O antigo director-geral do Gabinete de Reconstrução Nacional (GRN), Manuel Hélder Vieira Dias Júnior “Kopelipa”, será levado a julgamento, em data a anunciar, tendo a decisão sido anunciada esta quarta-feira, 07, pelo Tribunal Supremo.

Ontem, o Supremo reprovou o recurso apresentado pela defesa do general “Kopelipa”, após o juiz analisar a instrução contraditória, que decorreu em Novembro de 2023.

“Relativamente ao processo de instrução contraditória, nº 04/23, requerido pelas defesas dos arguidos Manuel Hélder Vieira Dias Júnior “Kopelipa” e Fernando Gomes, e, também, das empresas Plansmart International Limited e Utter Right International Limited, como tínhamos anunciado no último pronunciamento, no despacho de pronúncia de 20 de Dezembro, as partes foram notificadas no dia 15 de Janeiro, recorreram, o recurso foi negado e, agora, aguardamos pelo anúncio da data do julgamento”, informou o director do Gabinete de Comunicação Institucional e Imagem da Corte Suprema, Leandro Lopes.

O também antigo ministro de Estado e chefe da Casa Militar do Presidente da República é acusado pelo Ministério Público dos crimes de peculato, burla por defraudação, falsificação de documentos, tráfico de influências, associação criminosa e abuso de poder.

No mesmo processo encontra-se arrolado como arguido, o antigo responsável pelo Serviço de Comunicações do ex-presidente José Eduardo dos Santos, general Leopoldino do Nascimento “Dino”, que abdicou da instrução contraditória e não foi ainda citado no processo ligado a filial angolana da empresa China International Fund, que envolve, igualmente, mais cinco arguidos e três empresas.

De recordar, que em 2020, os generais entregaram ao Estado uma fábrica de cimento, outra de cerveja, uma rede de supermercados e edifícios de habitação, detidos pela China International Fund Angola-CIF e Cochan, S.A.

Actualizada às 12h04

Colunistas