Connect with us

Politica

“Kamorteiro” estava a ser cotado para assumir Estado Maior das FAA

Published

on

O actual Chefe do Estado Maior General das Forças Armadas de Angola (FAA) vai cessar, por limite de idade, as suas funções. Soube o Correio da Kianda, que o nome do General Abreu Muengo Ukuatchitembo “Kamorteiro”, falecido na madrugada de hoje, 28, gozava de boa aceitação entre os militares para ocupar o cargo, assim como o general Adriano Mackenzie, este também oriundo das fileiras do braço militar da UNITA, FALA.

Conforme avançou a fonte do Correio da Kianda, o tema foi discutido na última reunião do Conselho de Segurança Nacional. Contudo, a indicação de “Karmoteiro” para substituir o General António Egídio de Sousa Santos “Disciplina”, seria retomada na próxima reunião do Conselho de Segurança Nacional, aprazada para Janeiro.

“Kamorteiro” é o nome de guerra do General Abreu Muengo Ukwachitembo, que em língua nacional umbundu significa pequeno morteiro. É um nome atribuído a si por ser um dos melhores especialistas de artilharia terrestre na extinta FALA.

Até a sua morte, esta madrugada, no Hospital Militar de Luanda, ocupava o cargo de Vice-chefe do Estado Maior General para Logística e Infra-estruturas das Forças Armadas Angolanas. Foi um dos co-signatários dos acordos de paz para Angola, rubricados a 4 de Abril de 2002, entre o Governo e a UNITA, ao lado do general Armando da Cruz Neto, então chefe do Estado-Maior General das Forças Armadas Angolanas (FAA).

Morreu o General Abreu Kamorteiro

Colunistas