Connect with us

Diversos

Kamalata Numa alerta que UNITA não aceitará anulação do XIII congresso e descarta possibilidade de regresso de Samakuva à presidência

Published

on

O actual secretário dos Antigos Combatentes e Veterano da Pátria da UNITA, Abílio Kamalata Numa, alertou em entrevista ao Correio da Kianda, que a UNITA não vai aceitar anulação do “XIII congresso repetido” que elegeu Adalberto Costa Júnior como presidente, por decisão e capricho do Tribunal Constitucional. O actual “testa de ferro” de ACJ descarta a possibilidade do ex-presidente do Galo Negro Isaias Samakuva regressar à presidência do partido.

O antigo vice-chefe do Estado Maior das FAA, diz não acreditar numa possibilidade da anulação do conclave, assegurando que foi um congresso realizado nos termos legais e com legitimidade respaldada nos órgãos do partido como a Comissão Política. Numa disse ainda, que “não vê como o Tribunal Constitucional vai  anular o XIII congresso, sublinhando que só se for por orientação política.

Numa, realça que se assim for, encontrarão outra forma de luta contra aquilo que considera “tirania”. Sem dar mais detalhe, Numa diz que já não há mais outro caminho se não lutar politicamente.

“Como é possível em democracia um partido que tem realizado congresso desde 1966 até 2015, nunca foram anuladas, só mesmo as de 2019 e a de 2021, que estão a ser eivado de maldade pelo Tribunal Constitucional? Questionou”. Por isso, nós queremos encontrar outra forma de vincar os direitos.

Kamalata Numa que descarta a possibilidade de um eventual chumbo do XIII Congresso, diz que  recorrer aos tribunais, será perca de tempo.

“se esta decisão for por vontade política, então também é por via política que devemos lutar para encontra a solução deste problema”, alertou.

O político que disputou por duas ocasiões ao cadeirão máximo do partido Fundado por Jonas Savimbi, com Isaias Samakuva, afirmou que o antigo presidente já não irá assumir a presidência, porque de acordo com ele, o estatuto da UNITA não permite satisfazer a vontade de quem quer que seja.

Kamalata Numa disse ainda, que internamente os militantes não vão permitir que o mais velho Samakuva volte novamente à presidência, sublimando que até o próprio ex-presidente não aceitaria envolver-se nesta jogada baixa que o TC quer impor na UNITA.