Conecte-se agora

Desporto

Kabuscorp envia à FIFA comprovativo de pagamento à Rivaldo

A direcção do Kabuscorp do Palanca remeteu um e-mail à Federação Internacional de Futebol Associado (FIFA), o comprovativo do pagamento de 89.700 euros que restavam da dívida de 500 mil dólares, ao antigo internacional brasileiro e campeão do Mundo, Rivaldo.

Redação

Publicados

on

kabuscorp envia à fifa comprovativo de pagamento à rivaldo - RIVALDO E BK - Kabuscorp envia à FIFA comprovativo de pagamento à Rivaldo

De acordo com a cópia do comprovativo enviado à FIFA, o Kabuscorp efectuou, no dia 5, o depósito do valor em falta na conta de Rivaldo nº ES7321002397820200004631, domiciliada na Caixes BB, CaixaBank, situado em Barcelona (Espanha), Avenida Aristides Maillol, S-N 08028.

Feito o último pagamento, a direcção presidida por Bento Kangamba aguarda que a FIFA confirme a recepção da prestação de pagamento da dívida, para com o ex-craque Rivaldo, depois de ter representado as cores do Kabuscorp (2012).

Para liquidar a dívida, os valores foram pagos por tranches, 300 mil dólares na primeira, na segunda 70 mil dólares e 89.700 euros na terceira, depois de o Kabuscorp do Palanca ter renegociado com a FIFA a anterior dívida de 750 mil dólares, que foi reduzida para 500 mil.

Emissário no Brasil

José Domingos “Dimas”, vice-presidente do Kabuscorp do Palanca, deslocou-se ao Brasil para com Rivaldo fazerem uma exposição, ao organismo máximo do futebol mundial, a confirmar o cumprimento de todas as etapas para a liquidação da dívida.
Contactado pelo Jornal de Angola, Gabriel Veloso, director de Comunicação e Imagem do Kabuscorp do Palanca, garantiu que o clube já liquidou os atrasados com Rivaldo.

“A direcção do clube pagou a Rivaldo os 89.700 euros que restavam da dívida. Logo a seguir ao pagamento remeteu um e-mail à FIFA a confirmar a última prestação.
Vamos aguardar pela validação do órgão reitor do futebol mundial”, referiu.

Mesmo com o pagamento, a FIFA orientou a Federação Angolana de Futebol (FAF) a despromover o Kabuscorp do Palanca, após a disputa das jornadas restantes do Girabola 2018/19, frente ao FC Bravos do Maquis e 1º de Agosto.

Confrontado com a medida da FIFA, Bento Kangamba referiu: “ não entendo esta posição da FIFA. A dívida com Rivaldo foi liquidada, e não há razão para descermos de divisão”, lamentou o dirigente desportivo.

O presidente de direcção da agremiação do Palanca sublinhou, ainda, que os clubes do Girabola gastam “rios de dinheiro” e, no final de contas, não recebem nada. “ A FAF dá apenas um troféu e uma quantia irrisória. Numa viagem de avião para o Moxico, o Kabuscorp gasta três milhões de kwanzas. Se contabilizarmos as outras saídas, os custos serão elevados”.

 

JA

Continue Lendo
Publicidade
Clique para comentar

Deixe um comentário

avatar
  Subscribe  
Notify of
Publicidade

Colunistas

Ana Margoso
Ana Margoso (14)

Jornalista

António Sacuvaia
António Sacuvaia (223)

Editor

Diavita Alexandre Jorge
Diavita Alexandre Jorge (12)

Politologo

Ladislau Neves Francisco
Ladislau Neves Francisco (12)

Politólogo - Comunicólogo - Msc. Finanças

Olivio N'kilumbo
Olivio N'kilumbo (12)

Politólogo

Vasco da Gama
Vasco da Gama (58)

Jornalista

Victor Hugo Mendes
Victor Hugo Mendes (9)

Jornalista e Escritor

Walter Ferreira
Walter Ferreira (6)

Coordenador da Plataforma Juvenil para a Cidadania

Publicação