Connect with us

Justiça

Julgamento de jovens que queimaram comité do MPLA será retomado em Fevereiro

Published

on

O Tribunal da Comarca de Benfica suspendeu, hoje, quarta-feira, 25, o julgamento dos 21 jovens acusados pelo Ministério Público de terem incendiado e destruído o Comité de Acção do MPLA naquele distrito.

Em causa, está o facto de 14 dos arguidos, que encontravam-se em liberdade provisória sob termo de identidade e residência, não terem comparecido ao tribunal e nem justificado as razões da ausência.

Diante disso, o juiz emitiu mandado de prisão para todos que estavam em liberdade e agendou a reinício do julgamento para o dia 09 de Fevereiro.

Ao todo, 22 jovens respondiam pela vandalização do Comité de Acção do MPLA no Benfica e destruição de um autocarro do Ministério da Saúde, crimes estes praticados no dia 10 de Janeiro de 2022, durante a greve realizada pelos taxistas. Contudo, um deles faleceu em 2022.

São acusados pelos crimes de danos com violência, ofensas simples, associação criminosa, incêndio e explosão, furto qualificado, ameaças, instigação pública, desobediência, atentado contra a segurança dos transportes e participação em motim.

Respondem ainda pelos furtos de um gerador semi-industrial, oito motorizadas de três rodas, e oito de duas rodas, doze aparelhos de ar-condicionado e vinte computadores portáteis.

Jovens que queimaram comité do MPLA no Benfica começam a ser julgados amanhã

 

Formada em Comunicação Social com habilitação em Jornalismo, a profissional actua no mercado de comunicação há 18 anos. Iniciou a sua carreira em 2004, apresentando um programa de rádio e logo migrou para a comunicação digital, para a impressa e, posteriormente, a institucional. Tem vasta experiência como web journalist, criação e gestão de redes sociais, tendo participado dos projectos de desenvolvimento de diversos sites, blogs e redes sociais governamentais, privados e do terceiro sector. Reside em Luanda desde 2012, tendo trabalhado como jornalista no portal de notícias Rede Angola, como assessora de imprensa e directora de Comunicação e Operações nas Agências NC - Núcleo de Comunicação e F.O.T.Y, atendendo diversos clientes governamentais e privados. Actualmente trabalha como editora do portal Correio da Kianda.

Colunistas