Connect with us

Economia

Jovens unem-se para exploração de zonas agrícolas no Lucala

Published

on

Cerca de 50 jovens associaram-se para explorarem 10 hectares, no presente ano agrícola, como forma de promoverem o auto-emprego, na localidade de Mataba-Dondo no município de Lucala, província do Cuanza Norte.

A associação prevê terminar os trabalhos de desbravar o espaço em pouco menos de dois dias e posteriormente lançar as sementes à terra.

A Administradora Municipal de Lucala, Maria Mafuta, visitou na manhã desta segunda-feira, 09, o espaço que está a ser cultivado para acompanhar os trabalhos e, segundo nota enviada ao Correio da Kianda, “gostou do que viu”.

A governante assegurou que o objectivo da iniciativa é promover a empregabilidade, incentivando os jovens a envolverem-se mais nas actividades produtivas que geram renda e a agricultura é o foco.

Maria Mafuta disse ainda que “a ideia surge num espírito de apoio e valorização do associativismo e voluntariado, tendo a administração municipal concedido terras para a produção”.
A aposta, afirma a administradora, vai na produção de cereais e só, que integra famílias camponesas das aldeias-alvo, cujo proventos se reverterão para o sustento das comunidades e sustentabilidade do projecto.

Disse também que a iniciativa vai permitir que diferentes associações juvenis participem da produção agrícola, reforçando assim a implementação do Programa AGRO-JOVEM. Para ela, o caminho é minimizar o problema do desemprego na juventude, através de iniciativas empreendedoras e de redução da pobreza.

“Existem muitos jovens envolvidos em cooperativas no município. Nesse momento eles contam com o apoio das administrações locais, na criação e legalização das cooperativas, na cedência dos títulos de superfície, no acesso às sementes, fertilizantes e meios mecanizados”, frisou.