Connect with us

Politica

“Jovens devem ser identificados e responsabilizados”, diz sociólogo sobre manifestação

Published

on

O sociólogo José Fernandes considerou, na manhã desta sexta-feira, 11, em debate promovido pela RNA, que o comportamento dos jovens durante a manifestação, ocorrida no dia anterior, foi desviante, profanando a estátua do primeiro presidente de Angola, e alerta a Policia Nacional a avançar com medidas contra esses actos de vandalismo.

“Todos os símbolos nacionais devem ser respeitados na dimensão em que a sociedade os reconhece. Não é permitido esse comportamento desviante da parte dos jovens”.

José Fernandes espera que os infratores sejam punidos: “esperamos que os jovens sejam identificados e posteriormente sejam punidos consoante a gravidade da sua acção”.

O sociólogo diz que vivemos num momento tão delicado, quer em aspecto económico, social e político, que actos de insultos, palavras que atentam contra a paz e a tranquilidade e até mesmo acções que insitam a violência social não devem ser repreendidos e nem encorajados. E reforça que “os jovens devem ser identificados e responsabilizados”.

O académico referiu que se não se tomar nenhuma medida, esta prática servirá como uma “bola de neve” para as futuras manifestações, e, segundo o sociólogo, é “o que não queremos ver”.