Connect with us

Politica

Jovens detidos recusam voltar às suas celas

Published

on

Com o julgamento suspenso para amanhã, os 103 jovens manifestantes detidos protestaram dentro da sala de audiência, onde foram ouvidos, recusando assinar um memorando que lhes obriga voltar às suas celas.

Os jovens recusam voltar às celas por as mesmas não oferecerem condições de higiene e, segundo eles, estão a ser obrigados a “fazer necessidades dentro das celas”.

O activista Nito Alves disse que “não irão voltar”. Segundo o jovem, preferem dormir dentro das salas do tribunal do que voltar às celas.

Nito deu a conhecer que foram postos numa cela de quatro metros quadrados para mais de 20 pessoas, onde podem facilmente ser contaminados pela covid-19.