Connect with us

Sociedade

Viana: jovem de 18 anos mata a irmã após proibir-lhe fumar “liamba”

Published

on

O Serviço de Investigação Criminal (SIC) apresentou esta  terça-feira, 27, o principal suspeito de homicídio por espancar e carbonizar a irmã, de 16 anos, no dia 19 de Dezembro de 2022, no Bairro da Vila Nova, município de Viana, em Luanda.

De acordo com o porta-voz do SIC-Luanda, Fernando de Carvalho, o acusado de ter cometido o crime de homicídio qualificado, em razão da qualidade da vítima, conhecido como “Paulo M”, matou a sua própria irmã por espancamento, por esta lhe ter impedido de vender o fogão de casa com vista a adquirir drogas, como “liamba” para o seu consumo.

Perante a rejeição da irmã, furioso, o jovem de 18 anos, decidiu espancar a irmã até a morte, e com intenção de ilibar-se do crime, sonegou o cadáver, levando consigo até a uma lixeira, e no local atirou fogo, deixando o corpo da irmã completamente carbonizado. Segundo o porta-voz do SIC em Luanda, o autor do crime, na altura dos factos, encontrava-se sob forte influência de substancias psicotrópicas, como “liamba” e wiskys de pacotinhos.