Connect with us

Sociedade

Jovem acusado de matar dois menores a martelada em Caconda

Published

on

Um adolescente de 18 anos de idade é acusado de matar a martelada os seus dois sobrinhos de cinco e quatro anos, esta semana, no município de Caconda, província da Huíla, por as vítimas terem chegado tarde à casa, informou hoje, no Lubango, o porta-voz da Polícia Nacional na Huíla, em exercício, inspector-chefe Luís Filipe Zilungo.

O responsável, que apresentava o balanço semanal de ocorrências registadas pela corporação, disse que o duplo homicídio aconteceu pelas três horas da manhã, no interior de uma residência, na Aldeia de Londingo, na comuna do Waba.

“O facto sucedeu-se quando o acusado, que cuidava dos menores na ausência de seus pais, se desentendeu com os sobrinhos por terem chegado tarde à casa, em retaliação empunhou o referido instrumento com o qual desferiu vários golpes nas regiões cranianas das vítimas, causando morte imediata”, fez saber.

Luís Filipe Zilungo realçou que o autor, desempregado, já se encontra detido pelas autoridades locais, aguardando a instrução do respectivo processo-crime.

Entre os casos relevantes alistados no período, o oficial destacou ainda o registo de mais dois homicídios e uma violação sexual. Os homicídios ocorreram nos municípios do Lubango e Caluquembe, tendo sido foram vítimas cidadãos de 31 e 28 anos de idade, dos quais um do sexo feminino, praticados com recurso a uma faca e por espancamento, por indivíduos de 25 e 36 anos, já detidos.

“O caso de violação, não esclarecido até o momento, deu-se na via pública em que foi lesada uma menor de 13 anos e suposta doente mental. O mesmo foi praticado por duas pessoas desconhecidas da vítima”, acrescentou.

Detalhou que a Polícia alistou igualmente na semana, 14 ofensas corporais, uma ameaça, nos crimes contra pessoas, 24 furtos, 18 roubos, dois abusos de confianças, nos crimes contra propriedade, três posses ilegais de arma de fogo e quatro posses e trafico de cannabis e duas plantações da erva, nos crimes contra ordem e tranquilidade pública.

A Polícia teve assim um registo total de 73 crimes, menos sete em relação ao igual período anterior, dos quais 50 foram esclarecidos com 48 cidadãos detidos como autores presumíveis.

Os mesmos ocorreram nos municípios do Lubango (44), Cuvango e Chibia (cinco para cada), Matala, Caconda e Humpata (quatro em cada localidade), Chicomba e Caluquembe ( seis repartidos para as duas cidades) e Quipungo (um).

Continue Reading
Click to comment

Leave a Reply

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Colunistas