Connect with us

Politica

Jornalistas adiam para terceira fase adesão à greve geral

Published

on

A decisão resulta da Assembleia dos Jornalistas que decorreu nesta tarde, na sede da Confederação Sindical de Angola – UNTA. Os participantes concluíram que houve pouca divulgação sobre a adesão da classe à segunda fase da greve.

Assim, comprometem-se a trabalhar de forma afincada, caso a segunda fase da greve não resulte em cumprimento das exigências dos pontos constantes no caderno reivindicativo, poderão aderir à greve em Junho próximo.

O Secretário Geral do Sindicato dos Jornalistas, Teixeira Cândido, disse aos participantes que a greve no sector de comunicação social, não observa serviços mínimos como nos sectores de saúde e outros abrangidos por essa cláusula legal.

O também jurista denunciou que alguns directores de órgãos de comunicação social privados “estão a intimidar os jornalistas”.

O Secretário Geral do Sindicato do Jornalistas disse ainda que, “as centrais sindicais não estão a reivindicar só um salário digno, mas também o poder de compra com base ao salário que é pago”.

Jornalista multimédia com quase 15 anos de carreira, como repórter, locutor e editor, tratando matérias de índole socioeconómico, cultural e político é o único jornalista angolano eleito entre os 100 “Heróis da Informação” do mundo, pela organização Repórteres Sem Fronteira. Licenciado em Direito, na especialidade Jurídico-Forense, foi ainda editor-chefe e Director Geral da Rádio Despertar.

Colunistas