Connect with us

Mundo

Jornalista maliano desaparecido desde quinta-feira encontrado “são e salvo”

Published

on

O jornalista maliano desaparecido desde quinta-feira foi encontrado “são e salvo” em Bamako, capital do Mali, informou a unidade de crise criada por dez organizações de comunicação social após o seu desaparecimento.

“Aliou Touré, editor do jornal Le Démocrate, regressou são e salvo a casa”, disse a unidade de crise, composta por várias associações de jornalistas, num comunicado enviado à agência de notícias France Presse (AFP).

As circunstâncias em que Touré foi encontrado não foram especificadas pela mesma organização. Várias organizações de comunicação social no Mali denunciaram no domingo o desaparecimento do jornalista.

Em comunicado, a Associação de Imprensa do Mali apelou às autoridades para fazerem tudo para o encontrar são e salvo e a Comissão Nacional de Direitos Humanos do Mali abriu também uma investigação sobre o paradeiro do jornalista.

O jornalista, membro de várias associações, é conhecido por ser incisivo e próximo de activistas ligados a questões políticas actuais.

O Mali, um país da região do Sahel atormentado pela insegurança com grupos fundamentalistas islâmicos que operam no território, é governado por uma junta militar no poder, após dois golpes de Estado, em 2020 e 2021.