Connect with us

Desporto

Jogos Olímpicos de Tóquio são adiados para 2021, mas manterão o título “Tóquio 2020”

Redação

Published

on

O primeiro-ministro japonês, Shinzo Abe, anunciou nesta terça-feira que o Japão e o Comitê Olímpico Internacional (COI) concordaram em adiar os Jogos Olímpicos e Paraolímpicos de Tóquio para o ano que vem.

Abe fez o anúncio após uma teleconferência com o chefe do COI, Thomas Bach, pondo fim a dois meses de especulação sobre o futuro dos Jogos desde o surto do coronavírus no final de janeiro.

“Propus ao senhor Bach que adiemos os Jogos por um ano. Ele concordou 100% comigo”, disse Abe em um comunicado.

“Isso permitirá que os atletas joguem em melhores condições e tornará o evento mais seguro para os espectadores”, acrescentou Abe.

Também participaram da teleconferência a governadora de Tóquio, Yuriko Koike, o secretário-chefe do Gabinete do Japão, Yoshihide Suga, o presidente do Comitê Organizador de Tóquio 2020, Yoshiro Mori, e o ministro das Olimpíadas, Seiko Hashimoto.

Do lado do COI, Bach estava acompanhado por John Coates, presidente da Comissão de Coordenação do COI; Christophe De Kepper, diretor-geral do COI; e Christophe Dubi, diretor executivo dos Jogos Olímpicos do COI.

O COI declarou mais tarde em um comunicado que a reunião foi “muito amigável e construtiva” e que os dois líderes expressaram sua preocupação compartilhada com a pandemia mundial da COVID-19.

O comunicado do COI diz: “Os Jogos Olímpicos de Tóquio devem ser remarcados para uma data além de 2020, mas não mais tarde do que o verão de 2021”.

Os dois lados concordaram que “a chama olímpica permanecerá no Japão. Também ficou acordado que os Jogos manterão o nome de Jogos Olímpicos e Paraolímpicos de Tóquio 2020.”

Mori, também ex-primeiro-ministro japonês, disse em uma coletiva de imprensa mais tarde que o revezamento da tocha olímpica de Tóquio, programado para começar em Fukushima em 26 de março, não começará como planejado originalmente.

“Não vamos começar o relé da tocha”, disse ele. “Em resposta ao adiamento das Olimpíadas, vamos fazer um novo plano para o revezamento.”

O adiamento dos Jogos foi um “suspiro de alívio” para a governadora Koike, que enfatizou inúmeras vezes que os Jogos seriam realizados como planejado.

“Agora, o objetivo principal de Tóquio é superar o coronavírus”, disse ela.

 

XINHUA Português

Continue Reading
Advertisement
Click to comment

Leave a Reply

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *