Connect with us

Politica

Job Capapinha engravida vice-governadora do Cuanza Sul

António Cassoma

Published

on

O governador da província do Cuanza Sul, Job Castelo Capapinha, está envolvido em um escândalo sexual, por ter engravidado a sua vice para a área Política, Económica e Social, Emília Tchinawalile Camuoto, soube o Correio da Kianda, através de fontes ligadas àquele Governo.

Segundo a fonte deste jornal, Job Capapinha mantém uma relação amorosa (namoro) com Emília Tchinawalile Camuoto, a já alguns anos, facto que terá influenciado a sua nomeação para o cargo de vice-governadora. O assunto veio à tona por a mesma encontrar-se agora grávida de seis meses do governador do Cuanza Sul.

Em 2004, Job Capapinha foi governador de Luanda, mas no Cuanza Sul, Capapinha tem somado desilusões no que se relaciona a boa governação. Desde o escândalo relacionado com o aluguer de duas viaturas, para os vice-governadores, na qual alegadamente foram desembolsados mais de 49 milhões de kwanzas, o enquadramento de um edifício no projecto do PIIM, que já havia sido pago, entre outros.

Em Julho último, uma comissão da Inspecção-Geral da Administração do Estado, chefiada pelo seu director Sebastião Domingos Gunza, deslocou-se ao Cuanza Sul, a fim de avaliar a veracidade das irregularidades na gestão do erário público no governo provincial e do seu titular.

Por seu turno, o Serviço de Investigação Criminal (SIC) do Cuanza Sul, emitiu um mandado de revista, busca e apreensão de cartões da rede de supermercados Maxi em posse dos funcionários do Governo Provincial.

Emília Cambundo Tchinawalile António Salles Camuhoto foi nomeada para o cargo de vice-governadora para o Sector Político, Social e Económico, através de um decreto assinado pelo presidente da República João Lourenço, em Julho do ano passado, em substituição de Joaquim Ricardo de Almeida Júnior.

Cuanza Sul: presidente da CPE pede demissão após escândalo sexual

Continue Reading
Advertisement
1 Comment

1 Comment

  1. Avatar

    António Daniel Libermann

    27/08/2020 at 10:46 am

    Acho ser normal, tanto é que, por tudo quanto sabemos, a alegada gravidês, não terá sido precedida de violação. Não entendo a razão do ruido.

Leave a Reply

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Advertisement

Colunistas

Ladislau Neves Francisco
Ladislau Neves Francisco (23)

Politólogo - Comunicólogo - Msc. Finanças

Olivio N'kilumbo
Olivio N'kilumbo (21)

Politólogo

Vasco da Gama
Vasco da Gama (78)

Jornalista

Walter Ferreira
Walter Ferreira (15)

Coordenador da Plataforma Juvenil para a Cidadania

© 2017 - 2020 Todos os direitos reservados a Correio Kianda. | Este material não pode ser publicado, transmitido por broadcast, reescrito ou redistribuído sem prévia autorização.
Ficha Técnica - Estatuto Editorial RGPD