Connect with us

Politica

João Lourenço pode enfrentar Isaías Samakuva nas eleições de Agosto

Published

on

O VIII Congresso do MPLA, realizado em Dezembro último, em que João Lourenço foi reeleito Presidente dos camaradas, pode ser anulado pelo Tribunal Constitucional em função de uma providência cautelar interposta pelo engenheiro António Venâncio, que diz ter sido prejudicado pelos seus correlegionários, na altura da recolha de assinaturas para remeter a sua candidatura.

Um despacho saído da 2a. Sessão da Secretaria Geral do Tribunal Constitucional, dá como admitido o recurso do militante, para a anulação do congresso.

Com o documento datado de 10 de Janeiro, a que o Correio da Kianda teve acesso, o tribunal prova que pode assim anular o Congresso que reelegeu João Lourenço como presidente, renovou o Bureau Político e alargou o Comité Central do partido.

Analistas ouvidas por este jornal, afirmam que o Tribunal Constitucional, pode anular os congressos dos dois maiores partidos no país (MPLA no poder e UNITA na Oposição), e fazer com que os dois partidos cheguem as eleições de Agosto próximo com a configuração anterior aos dois congressos realizados em Dezembro de 2021, e João Lourenço concorrer contra Isaías Samakuva da UNITA, visto que o XIII Congresso que elegeu Adalberto Costa Júnior ao cargo de líder dos maninhos em 2019 foi anulado, e o último, realizado nos dias 2, 3 e 4 de Dezembro de 2021 tem igualmente um pedido de impugnação de membros do partido, que denunciam irregularidades.

Continue Reading
Click to comment

Leave a Reply

O seu endereço de email não será publicado.

Colunistas