Connect with us

Politica

João Lourenço faz declaração sobre alegada tentativa de golpe em São Tomé

Published

on

Depois dos últimos acontecimentos ocorridos em São Tomé e Príncipe, o Presidente da República de Angola fez uma declaração a informar sobre o seu posicionamento como Presidente Pro Tempore da CPLP.

O documento a qual o Correio da Kianda teve acesso, descreve que João Lourenço tem seguido com grave preocupação os acontecimentos ocorridos recentemente na República Democrática de São Tomé e Príncipe, “onde há registos de perturbação à ordem democrática e constitucional, e em cujo contexto há a lamentar a perda de vidas humanas”.

“Em presença desses factos, apelo às autoridades santomenses no sentido de procurar agir com espírito de justiça e serenidade para clarificar a situação e tomar as medidas pertinentes em estrita observância da legislação vigente no país e dos princípios dos direitos humanos”, solicita o presidente.

João Lourenço disse ainda que a República de Angola continuará a acompanhar com atenção o “desenrolar dos acontecimentos em São Tomé e Príncipe, e manifesta-se disponível para desempenhar o papel que lhe fôr requerido no âmbito da CPLP, com vista à construção de uma base de amplo entendimento entre todas as forças vivas da Nação santomense”.

São Tomé e Príncipe: Governo garante retorno à normalidade depois da tentativa de golpe de Estado

Colunistas