Connect with us

Politica

João Lourenço “agastado” com nomeações feitas pelos governadores provinciais

Published

on

As nomeações feitas pelos governadores provinciais mereceram críticas do Presidente da República, João Lourenço, durante uma reunião mantida com estes, na semana finda, em Luanda.

Fonte do Correio da Kianda, avança que durante o encontro que João Lourenço manteve com os dezoito governadores provinciais, que estiveram na capital angolana, no quadro das discussões sobre o Orçamento Geral do Estado de 2023, mostrou-se agastado pelo nível de preparação dos administradores municipais, nomeados, recentemente, nas dezoitos províncias do país, sobretudo, nas maiores praças eleitorais como Luanda, Huíla, Benguela e Huambo.

Sem citar nomes, João Lourenço chamou atenção aos governadores, da necessidade de maior rigor na selecção dos quadros que são nomeados para os cargos de Administradores, considerando que “a vida faz-se nos municípios”.

João Lourenço, que adiou para o mês de Março, as “mexidas” no seu Executivo, considerou que o país está numa “velocidade Cruzeira”, e “sem espaço para experimentalismos e aventuras, na escolha de quadros para os desafio do presente”.

A fonte que temos vindo a citar, confidenciou a este jornal, de “nunca ter visto o chefe agastado numa reunião, como ocorreu nesta última, com os governadores”. Durante a reunião, João Lourenço terá deixado orientações claras, para que os governantes prestassem maior atenção as preocupações das populações, caso quisessem continuar a merecer a confiança política do presidente.

Recorde-se que, durante a tomada de posse do novo Executivo, em Setembro do ano passado, onde anunciou o novo lema do Executivo para os próximos cinco anos, que é: “trabalhar mais e comunicar melhor, João Lourenço pediu mais trabalho e humildade aos governadores, tendo prometido a continuidade do PIIM, e mais apoio através de uma melhor articulação entre os Governadores Provinciais e o Governo Central.