Connect with us

Politica

Joana Lina “na corda bamba”

Published

on

O Presidente da República, João Lourenço, tem estado a ser aconselhado a exonerar a actual Governadora de Luanda, Joana Lina Baptista Candido, devido á um forte descontentamento que se tem estado a manifestar pelas Populacões da capital, por força dos grandes focos de lixo, e da incapacidade da actual governadora de Luanda, em resolver os problemas básico da Capital.

Segundo fontes do Correio da Kianda, já reposam na mesa de João Lourenço,  informacões recolhidas por um grupo de trabalho de “baixa visiblidade”, da Presidência, sobre os descontentamento das populacões com o partido no poder e da actual Governacão na capital.

Refere a fonte que temos vindo a citar, que as manifestacões de pedidos de exoneracão de Joana Lina, chegaram agora no interior do MPLA, onde uma corrente forte, de militantes de peso no Partido, de forma surdina, têm incetado contacto para a exoneração de Joana Lina.

Entretanto, soube o Correio da Kianda, que no dossie que repousa na mesa de trabalho de João  Lourenço, é apresentado uma proposta sobre a divisão da província de Luanda, em três metrópoles, como solução para resolver os problemas de governação da cidade capital.

Colunistas