Connect with us

Sociedade

JMPLA reforça estoque de sangue em hospitais de todo o país

Redação

Published

on

A carência de bolsas de sangue nos hospitais do país, levou o Secretariado Nacional da JMPLA a  mobilizar mais de 10.000 (dez mil) jovens em todo País, para dar resposta aos apelos do Instituto Nacional de Sangue (INS), que “clama” pela carência de sangue nos Hospitais do País.

Em meio à crise do coronavírus, a organização juvenil do MPLA, interpretando fielmente os seus desígnios humanitários, levou a cabo de 21 a 23 de maio,  uma Campanha Nacional de Doação de Sangue em todo o país, sob o lema, “O Seu Sangue é a Minha Vida”.

Em apenas 3 (três) dias de Campanha, a JMPLA conseguiu mobilizar cerca de 7.120 (sete mil, cento e vinte) jovens voluntários, dos 10.000 (dez mil) estimados, permitido assim, minimizar a carência de sangue nas unidades sanitárias, com cerca de 5.680 (cinco mil, seiscentos e oitenta) bolsas de sangue, das 7.000 (Sete mil) previstas.

Segundo uma nota a que o Correio da Kianda teve acesso, “o Secretariado Nacional da JMPLA assegura que as suas Estruturas a nível nacional continuarão empenhadas na realização desta Mega Campanha, através da sua Brigada de Saúde na Comunidade, no sentido de aumentar o número de dadores em todo o País, incutir aos jovens o espirito de solidariedade, do amor ao próximo e de disciplina em relação aos cuidados com a sua saúde”.

“Ao longo da sua história, a JMPLA, Organização Juvenil do MPLA, sempre esteve com os jovens angolanos, perseguindo os seus anseios e ideais, sempre acreditou no patriotismo e na capacidade solidária dos mesmos, por essa razão, confiança no êxito desta Campanha e assegura que continuará a pintar o País de vermelho, apelando e mobilizando os jovens e a sociedade em geral, de modo a aumentar as percentagens de reservas deste líquido precioso, o sangue, que se configura como o principal transportador de substâncias para os órgãos do corpo humano – “O Seu Sangue é a Minha Vida”. Lê-se na nota.

Continue Reading
Advertisement
Click to comment

Leave a Reply

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *