Conecte-se agora

Politica

JLO diz que o resultado do relatório sobre os investimentos privados realizados com recurso públicos é “no mínimo chocante e repugnante”

O Presidente da República, João Lourenço, declarou hoje (quinta-feira) haver condições para accionar os mecanismos, no sentido de reaver o património e activos surripiados ao Estado, avaliados em cerca cinco mil milhões de dólares americanos, em benefício de uma “elite muito restrita”.

Redação

Publicados

on

jlo diz que o resultado do relatório sobre os investimentos privados realizados com recurso públicos é "no mínimo chocante e repugnante" - 051b836fb f0b1 4d03 8a8a 7cc26a958e3a - JLO diz que o resultado do relatório sobre os investimentos privados realizados com recurso públicos é “no mínimo chocante e repugnante”

João Lourenço, discursava na cerimónia formal de abertura do “Ano Judicial 2019”, em Benguela, depois de ter inaugurado, no Lobito, o Tribunal de Comarca, o primeiro do género no país.

Acrescentou haver condições para que, nos próximos dias, o Estado possa accionar os mecanismos no sentido de reaver o património e os activos que lhe pertencem, ao abrigo da Lei 15/18, de 26 de Dezembro, sobre o Repatriamento Coercivo, apenas na sua componente interna de perda  alargada de bens.

João Lourenço considerou “no mínimo chocante e repugnante” o resultado do relatório da Comissão Multissectorial, que tinha por responsabilidade proceder ao levantamento dos  investimentos realizados com recursos públicos, e que hoje constituem alguns dos grandes grupos empresariais privados no país.

Afirmou que, no que diz respeito ao repatriamento de capitais ilegalmente colocados em paraísos fiscais e outras praças financeiras, após os seis meses de graça que a lei conferiu aos visados, “o Estado angolano está no direito de utilizar todos os meios ao seu alcance para reaver o que ao povo angolano pertence”.

Na quarta-feira, no comunicado final do Conselho de Ministros Extraordinário, é indicado num só parágrafo que o Estado angolano foi lesado em mais de 4700 milhões de dólares em investimentos privados feitos com fundos públicos.

Segundo o documento, que não avança quaisquer pormenores sobre nomes dos investidores, o montante foi apurado por uma Comissão Multissectorial criada pelo presidente angolano, João Lourenço, em Dezembro de 2018, com o objectivo de identificar os investimentos feitos com fundos públicos antes de chegar ao poder, em Setembro de 2017.

Continue Lendo
Publicidade
Clique para comentar

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Publicidade

Colunistas

Ana Margoso
Ana Margoso (14)

Jornalista

António Sacuvaia
António Sacuvaia (268)

Editor

Diavita Alexandre Jorge
Diavita Alexandre Jorge (12)

Politologo

Ladislau Neves Francisco
Ladislau Neves Francisco (15)

Politólogo - Comunicólogo - Msc. Finanças

Olivio N'kilumbo
Olivio N'kilumbo (17)

Politólogo

Vasco da Gama
Vasco da Gama (65)

Jornalista

Walter Ferreira
Walter Ferreira (7)

Coordenador da Plataforma Juvenil para a Cidadania

Publicação