Conecte-se agora

Bastidores

JES rejeita viajar para tratamento médico: Prisão do filho é o busílis da questão

Vasco da Gama

Publicados

on

- JES - JES rejeita viajar para tratamento médico: Prisão do filho é o busílis da questão

O ex-Presidente do MPLA e de Angola, José Eduardo dos Santos, rejeitou viajar para a República da Espanha, afim de realizar exames e tratamento médicos, soube o Correio da Kianda de fonte familiar.

Chegado o momento das revisões médicas que faz, há algum tempo, na Espanha, Eduardo dos Santos tem estado a dar voltas para se deslocar ao exterior do País para tratar a sua saúde, conta a fonte deste jornal.

A fonte acrescenta que várias individualidade do Partido e Governo tem estado a tentar influenciar o antigo estadista angolano a aceitar o convite, já que está em causa a sua própria saúde.

 “Há vontade, por parte das pessoas em vê-lo a tratar-se. Referiu.

O Correio da Kianda sabe que o presidente da República,, João Lourenço interveio, recentemente no mesmo sentido mas sem sucesso.

Para o efeito, diz a nossa fonte, João Lourenço terá enviado a casa de JES o Chefe da Cerimonial da Presidência da República, José Filipe, para ir falar com ele (JES), no sentido de transmitir a necessidade de viajar para os habituais controlo e fisioterapia, mas todos os esforços caíram em saco roto, reafirma a fonte!

Refira-se que fontes próximas a JES fazem saber que a recusa dos exames médicos, por parte de JES, é um protesto contra a detenção e a manutenção da prisão do seu filho, José Filomeno dos Santos, detido no âmbito do processo-crime, nº 22/18-DNIAP, relacionado a actos de gestão do Fundo Soberano de Angola.

Para colmatar o cenário vazio criado  recorreram à um serviço privado, tendo alugado um avião que trouxe a Angola o médico pessoal, com equipamento necessário aos exames.

Recorde-se que Filomeno dos Santos, antigo Presidente do Conselho de Administração do Fundo de Desenvolvimento Soberano de Angola (FEDSA), e o ex-Governador do Banco Nacional de Angola (BNA), Valter Filipe, foram formalmente acusados pelo Ministério Público dos crimes de burla por defraudação, peculato, associação criminosa, tráfico de influência e branqueamento de capitais, em Setembro último, pela Procuradoria Geral da República.

Publicidade

Colunistas

Ana Margoso
Ana Margoso (9)

Jornalista

António Sacuvaia
António Sacuvaia (205)

Editor

Diavita Alexandre Jorge
Diavita Alexandre Jorge (8)

Politologo

Ladislau Neves Francisco
Ladislau Neves Francisco (11)

Politólogo - Comunicólogo - Msc. Finanças

Olivio N'kilumbo
Olivio N'kilumbo (12)

Politólogo

Vasco da Gama
Vasco da Gama (50)

Jornalista

Victor Hugo Mendes
Victor Hugo Mendes (9)

Jornalista e Escritor

Walter Ferreira
Walter Ferreira (4)

Coordenador da Plataforma Juvenil para a Cidadania

Publicação

© 2016 - 2018 Todos os direitos reservados a Correio Kianda. | Este material não pode ser publicado, transmitido por broadcast, reescrito ou redistribuído sem prévia autorização.
Ficha Técnica - Estatuto Editorial RGPD