Connect with us

Mundo

Japão permite entrada de estrangeiros com visto de estudante ou negócios

Redação

Published

on

O Japão vai permitir a entrada de estrangeiros com visto de estudante ou negócios a partir de 01 de Outubro, mas as fronteiras vão continuar fechadas para turistas, devido à pandemia, anunciaram hoje as autoridades.

O novo plano, apoiado pelo painel de peritos epidemiológicos do Governo nipónico, deverá permitir a entrada de estrangeiros de qualquer país com visto de três ou mais meses para fins não turísticos, afirmaram hoje funcionários governamentais, em conferência de imprensa.

A medida inclui pessoas que viajam para o Japão por motivos profissionais, para estudar, participar em intercâmbios culturais, trabalhar no sector médico ou como dependentes de trabalhadores estrangeiros com residência oficial no país asiático.

O Governo japonês tinha suspendido em Março a emissão de novos vistos nestas categorias, para além de congelar a emissão de novas autorizações de residência.

O número de estrangeiros autorizados a entrar no Japão será no, entanto, condicionado pela capacidade para realizar testes à doença nos aeroportos japoneses, informaram funcionários governamentais, limitando por agora a entrada a mil estrangeiros por dia.

Os aeroportos japoneses podem realizar cerca de 10.000 testes diários, mas a maioria está reservada aos cidadãos japoneses que regressam do estrangeiro, precisaram.

Os estrangeiros que viajam para o Japão devem fazer um teste ao novo coronavírus antes de deixarem o seu país e outro à chegada ao aeroporto, além de terem de fazer quarentena durante 14 dias.

Desde 01 de Setembro, as autoridades japonesas têm também permitido a entrada de estrangeiros com estatuto de residentes no Japão que tenham viajado para o estrangeiro antes ou depois das restrições fronteiriças, sujeitos a testes e quarentena.

Em paralelo com estas medidas, o Japão flexibilizou as condições de entrada para viajantes com vistos de médio e longo prazo de sete países do Sudeste Asiático, e está a negociar medidas semelhantes com 16 países da Ásia-Pacífico, incluindo China, Austrália ou Coreia do Sul.

pandemia de covid-19 já provocou mais de um milhão de mortos no mundo desde Dezembro do ano passado, incluindo 1.561 no Japão, que registou 82.484 casos da doença.

Por Lusa

Continue Reading
Advertisement
Click to comment

Leave a Reply

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Advertisement

Colunistas

Ladislau Neves Francisco
Ladislau Neves Francisco (23)

Politólogo - Comunicólogo - Msc. Finanças

Olivio N'kilumbo
Olivio N'kilumbo (21)

Politólogo

Vasco da Gama
Vasco da Gama (80)

Jornalista

Walter Ferreira
Walter Ferreira (15)

Coordenador da Plataforma Juvenil para a Cidadania

© 2017 - 2020 Todos os direitos reservados a Correio Kianda. | Este material não pode ser publicado, transmitido por broadcast, reescrito ou redistribuído sem prévia autorização.
Ficha Técnica - Estatuto Editorial RGPD