Connect with us

Sociedade

Jango Cultural considera manifestação do dia 10 acto de intolerância política

Published

on

A organização cívica Jango Cultural, promotora do primeiro “Fórum Nacional para Cidadania”, que vai decorrer nos dias 19 e 20 do corrente mês, em Benguela, demarca-se da manifestação agendada para o dia 10 de Dezembro, em Luanda, e nas demais províncias, considerando ser um acto que constitui intolerância política, por se realizar num dia em que o MPLA completa 64 anos, desde a sua fundação.

De acordo com a associação cívica, tal marcha não obedece ao que está previsto por lei e que não se revê no seu propósito e carácter pacífico.

Para o Jango Cultural “o acto em si, constituiu intolerância política por se tratar de data comemorativa de uma força política e exaltar os ânimos dos simpatizantes e militantes em festa”, lê-se na nota e sublinha que “somos uma associação cívica que prima pela paz, ética, moral e integridade física de seus associados e terceiros”.

No comunicado diz que a hora programada para realização do evento não garante segurança aos participantes: “a lei das manifestações aconselha que as mesmas ocorram em dias úteis e só podem ter lugar das 19 horas em diante. Grande parte dos nossos associados estão distribuídos pelas distintas zonas da cidade e província do Huambo, no geral por razões de segurança individual e colectiva, o horário não é recomendável”, justificaram.

O Jango apela aos que aderirem à manifestação que sejam eles “associados ou não a agir com urbanidade”, e mostram-se abertos para participarem em actos do género desde que não tenham uma conotação política partidária.

“Sempre podem contar com o nosso apoio em actos do género, desde que decorram em períodos neutros e não conotados e/ou marcados por efemérides partidárias”.

Ainda lê-se que “a nossa exclusiva preocupação é continuarmos a nos debater para uma Angola inclusiva, merecedora das conquistas da democracia consagrada na CRA e Carta dos Direitos Humanos”.

Enquanto isso, os organizadores da manifestação pacífica, a ser realizada na próxima quinta-feira, 10, em Luanda, sob o lema “Manifestação pela cidadania, pelo fim do elevado custo de vida e por autarquias em 2021 sem rodeios”, começaram, nesta quinta-feira, 03, a mobilizar a população para aderirem à marcha em algumas zonas de Luanda.