Connect with us

Sociedade

IURD realiza primeiro culto após dois anos de encerramento dos templos

Published

on

Dois anos após o encerramento dos templos em todo país, as portas da Igreja Universal do Reino de Deus em Angola, voltaram a reabrir na manhã desta quinta-feira, 14. O acto teve lugar na sede da Igreja no bairro do Maculusso, em Luanda e contou com a participação de centenas de fiéis, numa cerimônia que foi dirigido pelo líder espiritual da Universal em Angola, Alberto Segunda.

Os fiéis que aderiram neste primeiro dia, falando ao Correio da Kianda, consideram como um dia inesquecível para o povo angolano. Durante o culto, os religiosos manifestaram alegria com aplausos, outros choravam e agradeciam a Deus diante do altar, afirmando que sempre creram que a justiça de Deus prevaleceria.

Na ocasião, o bispo Alberto Segunda disse que a igreja sofreu sérias acusações nestes últimos anos, pois um grupo de ex-pastores e dissidentes queriam a todo custo tomar o controlo da igreja no país, por isso, injustamente, acusaram a igreja de cometer crimes, os quais, não conseguiram provar em Tribunal.

“A legalidade está a ser reposta, as orações dos fiéis foram ouvidas, e o Colegiado de Juízes da 4ª Secção dos Crimes Comuns do Tribunal de Luanda, determinaram o desbloqueio dos bens móveis e imóveis da IURD em Angola”, disse o representante de Edir Macedo.

Alberto Segunda sublinhou que durante este período, os bispos, pastores, obreiros, membros e simpatizantes estarão nos templos abertos dando auxílio espiritual e social a todos os carentes e necessitados.

Continue Reading
Click to comment

Leave a Reply

O seu endereço de email não será publicado.

Colunistas

© 2017 - 2022 Todos os direitos reservados a Correio Kianda. | Este material não pode ser publicado, transmitido por broadcast, reescrito ou redistribuído sem prévia autorização.
Ficha Técnica - Estatuto Editorial RGPD