Connect with us

Angola que dá certo

IURD: campanha “Setembro sem fome” beneficia mais de um milhão de cidadãos

Published

on

A Igreja Universal do Reino de Deus (IURD) em Angola lançou oficialmente a campanha de distribuição de bens da cesta básica denominada “Setembro sem fome”, que segundo os responsáveis desta denominação religiosa, pretende alcançar aproximadamente duzentos e cinquenta mil cestas básicas, que corresponde cerca de um milhão e duzentos e cinquenta mil cidadãos beneficiários.

O responsável da IURD em Angola ligada a “ala” brasileira, Alberto Segunda, na abertura do lançamento do acto, disse que a IURD é uma instituição religiosa cujo fim último é a pregação do evangelho, levando as pessoas ao encontro de Deus na vertente espiritual, após o impacto da pandemia da covid-19, em Angola com destaque essencialmente às famílias, desemprego, fraco poder de compra e fome.

De acordo com o líder da IURD, face o impacto da pandemia, o executivo por si só encontra sempre dificuldades de diversas ordem, e apesar dos tempos estarem temporariamente encerradas demostra ser parceira de estado e está comprometida com as causas sociais.

“foi neste âmbito e movidos pelo espírito solidário que a direcção da IURD lançou o apelo aos seus pastores, obreiros, jovens, membros, amigos, simpatizantes e toda população em geral a abraçar a mega campanha de recolha de alimentos não perecíveis para realização da mega campanha de doações de alimentos, denominada “Setembro sem fome”.

Alberto Segunda disse que os alimentos serão doadas no próximo sábado, 25, em Luanda, em cinco pontos da capital, nomeadamente Bairro lixeira (Distrito Urbano do Nova Vida), Comuna do Calumbo, povoação de Camizumba(Distrito Urbano do Bela Vista), Casa da Juventude e Bondé Chapeu, e nas demais províncias.

Segundo o líder espiritual, se não fosse encerramento dos templos a igreja teria maior possibilidade de recolher maior numero de doações, “de realçar que este evento decorre numa altura em que os templos da IURD se encontram encerrado em toda a parcela do território nacional, por se tal facto não fosse, de certeza alcançaríamos maior numero de pessoas e famílias do que o prognosticado na presente campanha.

Por sua vez, o presidente do Conselho de direção da IURD em Angola, bispo António Miguel Ferraz, apesar do enceramento das igrejas, os membros da IURD foram mobilizados para aderirem a referida campanha através da plataforma digitais e algumas através da mobilização domiciliar. O religioso disse que este evento vai contar com mais de quinhentos mil fies desta igreja.

Já o coordenador Nacional da Unisocial, afecto a IURD, Bartolomeu Bango, disse que acção tem sido recorrente por parte da IURD e que não irão parar de tal feito. Este responsável fez saber que nesta primeira fase, foram apenas preparados bens alimentares, mas, que têm realizados atividades de sensibilização a sociedade.

Continue Reading
Click to comment

Leave a Reply

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Advertisement

Colunistas

Daniel Sapateiro
Daniel Sapateiro (18)

Economista e Docente Universitário

Ladislau Neves Francisco
Ladislau Neves Francisco (25)

Politólogo - Comunicólogo - Msc. Finanças

Olivio N'kilumbo
Olivio N'kilumbo (21)

Politólogo

Vasco da Gama
Vasco da Gama (89)

Jornalista

Walter Ferreira
Walter Ferreira (21)

Coordenador da Plataforma Juvenil para a Cidadania