Connect with us

Sociedade

IURD: ala angolana quer contestar judicialmente nova denominação

Published

on

A disputa entre as duas alas da Igreja Universal do Reino de Deus em Angola tem provocado vários confrontos entre fiéis e bispos e parece não ter fim.

Nesta quarta-feira, 04, a ala angolana da Igreja Universal do Reino de Deus disse não se rever no recente decreto do Ministério da Cultura que altera os símbolos da agremiação e reconhece a facção dirigida pelo bispo angolano Alberto Segunda.

Vale lembrar que o governo angolano reconheceu recentemente a nova denominação da IURD no país que passou a designar-se por Igreja do Reino de Deus em Angola (IRDA) tendo também ordenado a transferência de todo o património para a nova entidade.

Deste modo, a ala angolana liderada pelo bispo dissidente Valente Bizerra Luís, manifestou esta quarta-feira a intenção de contentar judicialmente a liderança brasileira da denominação religiosa.

Adiantou que a ala que dirige, esta revoltada com a decisão do governo e prevê recorrer as instâncias judiciais para contrapor a decisão do ministério da cultura angolana que segundo o líder favorece a parte oposta.

O bispo dissidente Valente Bizerra Luís, acusa a ala de Alberto Segunda de supostamente não ter cumprido o acordo que visava a reconciliação entre as partes, e por ter forçado a realização de uma assembleia geral que segundo ele é ilegal.

Recordar que os conflitos internos da igreja liderada pelo bispo brasileiro Edir Macedo, passa por um tormento desde 2019 altura em que um grupo de fiéis dissidentes em angola acusou a direcção brasileira de crimes financeiros, racismo e abuso de autoridade.

Continue Reading
Click to comment

Leave a Reply

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *