Connect with us

Mundo

Israel diz que combates serão retomados “com intensidade” após trégua

Published

on

O ministro da Defesa de Israel, Yoav Gallant, garantiu hoje que a trégua em Gaza “será breve” e que, assim que terminar, os combates dentro do enclave serão retomados “com intensidade” durante pelo menos mais dois meses.

“O que veremos nos próximos dias é, em primeiro lugar, a libertação dos reféns. Esta trégua será breve”, frisou Yoav Gallant, durante uma visita às tropas da unidade Shayetet 13 da Marinha israelita.

Israel e o Hamas chegaram a um acordo para um cessar-fogo de quatro dias, que permitirá a libertação de 50 reféns que as milícias islamitas mantêm dentro da Faixa de Gaza, em troca da libertação de 150 prisioneiros palestinianos. Em ambos os casos, são mulheres e menores.

Fontes israelitas confirmaram à agência Efe que por cada dez reféns adicionais que o Hamas estiver disposto a libertar após os quatro dias, a trégua poderá ser prorrogada por mais um dia, até um máximo de dez dias.

Estima-se que as milícias palestinianas em Gaza tenham reféns cerca de 240 pessoas, cerca de 210 nas mãos do Hamas e outras 30 nas mãos da Jihad Islâmica Palestiniana.

No total, há pelo menos 40 crianças reféns em Gaza, segundo as autoridades israelitas, que receberam hoje a lista dos 50 reféns que serão entregues pelo Hamas, embora esta não tenha sido tornada pública por precaução.

O porta-voz garantiu que as tropas se irão concentrar “no planeamento e na conclusão dos preparativos para as próximas etapas do combate”.

Formado em radiojornalismo, com passagem por órgãos de comunicação social públicos e privados. Possui formação internacional em Comunicação e Multimedia. Estudante do curso superior de Gestão/Comunicação e Marketing.

Colunistas