Connect with us

Mundo

Israel continua atacar hospitais em Gaza, denuncia ONU

Published

on

Os hospitais, o pessoal médico e doentes em Gaza continuam a ser alvo de ataques, ao ritmo de mais de um por dia, a par de constantes bloqueios à retirada de doentes por forças israelitas.

O anúncio foi feito por um porta-voz humanitário da ONU, tendo acrescentado que o último episódio ocorreu no hospital Al Amal em Khan Yunis (sul de Gaza), quando a ONU e o Crescente Vermelho Palestiniano estavam a ajudar na retirada de 24 pacientes, incluindo uma mulher grávida e uma mãe com um recém-nascido.

A retirada “foi bloqueada pelas forças israelitas durante várias horas”, disse o porta-voz da ONU.

Jens Laerke, disse que os soldados israelitas obrigaram o pessoal e os doentes a sair das ambulâncias e despiram os paramédicos. Três deles foram detidos, apesar de todos os dados pessoais terem sido previamente comunicados a Israel.