Connect with us

Destaque

Líder da UNITA é bacharel em engenharia electrónica, segundo agência Lusa

Published

on

ACJ

O Instituto Superior de Engenharia do Porto (ISEP) confirmou a Lusa, que o presidente da UNITA, Adalberto da Costa Júnior, concluiu a formação em engenharia eletrotécnica em 1995, obtendo o grau de bacharel.

Numa nota enviada à agência Lusa, a presidência do Instituto Superior de Engenharia do Porto (ISEP), em Portugal, esclarece,  que o líder da União Nacional para a Independência Total de Angola (UNITA) obteve o grau de bacharel em engenharia eletrotécnica naquele instituto, em 13 de dezembro de 1995.

Segundo uma fonte contactada pela Lusa, à data, os cursos daquele instituto politécnico apenas conferiam o grau de bacharelato que foi concluído com uma média final de 11 valores.

Na semana passada, a revista Sábado (revista semanal portuguesa) noticiou que o presidente da UNITA, que se apresenta com engenheiro eletrotécnico, não teria concluído a licenciatura, nem no ISEP nem na Faculdade de Engenharia da Universidade do Porto.

A deputada e jurista da UNITA, Mihaela Webba, disse na altura que estava em causa “uma tentativa de linchamento” do presidente da UNITA, e,  que as suspeitas em torno da licenciatura tinham origem em “interesses escusos”.

A UNITA, principal partido da oposição no País, , que concorre às eleições gerais marcadas para 24 de agosto de 2022, manteve sempre o silêncio sobre as alegações.

O mesmo,  fez Adalberto da Costa Júnior, na visita efectuada  no fim de semana, para cumprir uma jornada política que teve como principal destaque o comício de sábado, marcando a abertura da pré-campanha eleitoral.

C/ LUSA

Continue Reading
Click to comment

Leave a Reply

O seu endereço de email não será publicado.

Colunistas

© 2017 - 2022 Todos os direitos reservados a Correio Kianda. | Este material não pode ser publicado, transmitido por broadcast, reescrito ou redistribuído sem prévia autorização.
Ficha Técnica - Estatuto Editorial RGPD