Connect with us

Politica

Isabel dos Santos encurralada no Dubai, confirma site investigativo

Published

on

Isabel dos Santos deixou de viajar, a partir de 18 de Novembro, dia em que é noticiada a emissão de um alerta vermelho para a sua detenção, a pedido das autoridades judiciais de Angola. Segundo avança a investigação do site Bellingcat, a empresária, que está a ser procurada pela Interpol, tem estado em permanência no Dubai.

O Bellingcat conta com colaboradores um pouco por todo o mundo, que se dedicam a seguir linhas de investigação em casos de violação de direitos humanos, animais ou ambientais e também conflitos armados.

A notícia retomada pela SIC, avança ainda que Isabel dos Santos saiu apenas uma única vez dos Emirados Árabes Unidos, a 13 de Dezembro, para assistir ao Argentina – Croácia, no Mundial de futebol do Qatar.

Ainda segundo a publicação, o site recorreu a várias técnicas forenses, incluindo a geolocalização de fotografias e vídeos e a comparação com imagens disponíveis na internet, para concluir que Isabel dos Santos não tem saído do Dubai, onde é proprietária de um luxuoso apartamento num exclusivo condomínio Bulgari, construído numa ilha artificial, onde, conforme o Correio da Kianda publicou há uma semana, tem mantido encontros frequentes com um de seus clientes de longa data, o empresário franco-congolês Konema Mwenenge, ex-CEO das empresas de comércio de diamantes Nemesis International e Diamond Republic.

Na notícia Revelada fortuna da família dos Santos no Dubai avançamos que as negociações entre as autoridades angolanas e do Dubai, remontam há mais de três anos, com à caça do património financeiro da Isabel dos Santos, bem como de colaboradores próximos do ex-presidente José Eduardo dos Santos, nomeadamente, general Kopelipa e Manuel Vicente.

De recordar que em Novembro do ano transacto, através de um comunicado, Isabel dos Santos afirmou que sempre se mostrou disponível e que “as autoridades têm conhecimento da sua morada”.

Por outro lado, as autoridades angolanas esperam do Dubai colaboração para extraditar Isabel dos Santos, que é suspeita em vários processos crime, na sequência dos chamados Luanda Leaks, bem como resultado de investigações realizadas pela Procuradoria-Geral da República de Angola.

Formada em Comunicação Social com habilitação em Jornalismo, a profissional actua no mercado de comunicação há 18 anos. Iniciou a sua carreira em 2004, apresentando um programa de rádio e logo migrou para a comunicação digital, para a impressa e, posteriormente, a institucional. Tem vasta experiência como web journalist, criação e gestão de redes sociais, tendo participado dos projectos de desenvolvimento de diversos sites, blogs e redes sociais governamentais, privados e do terceiro sector. Reside em Luanda desde 2012, tendo trabalhado como jornalista no portal de notícias Rede Angola, como assessora de imprensa e directora de Comunicação e Operações nas Agências NC - Núcleo de Comunicação e F.O.T.Y, atendendo diversos clientes governamentais e privados. Actualmente trabalha como editora do portal Correio da Kianda.

Continue Reading
4 Comments

4 Comments

  1. Manuel Albernais

    03/02/2023 at 4:50 pm

    Gostaria que a engenheira, empresária Isabel dos Santos se entregasse à justiça angolana para não ter que ficar a espreitar a rua quando tem de sair de casa para que de uma vez por todas se esclareça ao certo aquilo que é acusada.

  2. Artur Mateus Condua

    04/02/2023 at 7:01 am

    os maiores assambarcadores do erário público estão bem solto cá no país. isso é caça às bruxas, raiva antiga

  3. Armando Baltazar

    04/02/2023 at 11:22 am

    Justiça de Angola está sendo seletiva temos pessoas como Manuel Vicente e agora esse escândalo de tráfico de drogas em que foi apreendido muita cocaína o que já foi feito a respeito o verdadeiro criminosos são às autoridades. Ao invés de ajudar o nosso presidente só continuam a mancha o seu nome por confiar em pessoas incompetentes

  4. America

    05/02/2023 at 9:11 pm

    Boa noite caríssimo Armando acabei de ler e reler a tua publicação certamente sua opinião, olha é de elogiar o que disseste á que .
    É bem sabido que essas supostas buscas ou perseguições contra Isabel Dos Santos né e tudo por vingança, própria da parte de um sujeito que cá entre nós sabemos de quem está a Sá tratar não vou dizer o nome para não causar certa interpretação dentro do nosso governo angolano tem muitos marimbondo que têm causado muitos descontentamento do povo passando fome miséria nós hospitais gerais não têm medicamentos a falta de água e luz a falta de emprego que só têm aumentado cada dia mais, e eles em vez de preocuparem si com a situação em que o povo está a vivenciar não
    Estão aí com a estória de perseguições com a Izabel

Leave a Reply

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Colunistas